O último review da Razer no TargetHD.net mostra um acessório que serve como excelente alternativa para o controle original do Xbox 360. O joystick Razer Onza Tournament atua como um acessório complementar, para quem quer comprar um segundo controle, ou para quem quer um joystick com características diferenciadas, que podem ser determinantes para um jogo mais ajustado para as necessidades específicas de alguns gamers. Vamos conhecer agora suas características.

A primeira grande diferença do joystick da Razer para o controle original da Microsoft já pode ser detectada no posicionamento dos botões Select e Start, que estão posicionados na parte inferior do controle, e não ao lado do disco de acionamento do menu do Xbox 360. Outro detalhe que podemos observar está nos seus controles analógicos, que contam com um acabamento dentado, que mostra uma maior robustez na fabricação, se comparado com controles alternativos de outras marcas.

Na sua lateral, vemos o detalhe de acabamento em relevo da logomarca da Razer. E mais uma vez, temos uma proposta mais “agressiva” na proposta visual do produto, se alinhando ao gosto dos gamers.

Outro detalhe observado durante os testes é que os principais botões de comando (X, Y, B e A) são mais rasos que no controle original do Xbox 360, o que promove um acionamento mais rápido e preciso, melhorando a performance do jogador.

Mais um importante diferencial do Razer Onza Tournament para o controle original da Microsoft está no seu direcional em cruz, que se resume a quatro botões direcionais. Ele é mais confortável para se jogar na maioria dos jogos, porém, nos jogos que exigem o acionamento de comandos especiais (principalmente nos jogos de luta), a sua performance não foi tão boa quanto esperado, justamente por não ser tão preciso para acionar os comandos nas diagonais.

O disco central de menu do controle da Razer não possui iluminação integrada, como encontrado no controle original do Xbox 360, sendo assim um simples botão central para acesso ao menu principal do console. Os efeitos luminosos só estão presentes para indicar qual é o controle que está conectado ao console, com indicadores luminosos de acordo com a numeração do controle.

Um benefício que os compradores do Razer Onza Tournament vão receber é um botão a mais na parte superior, para comandos especiais e recursos específicos. É uma vantagem que você pode ter em relação ao original, que em vários jogos, será fundamental para o seu sucesso durante as partidas.

O modelo enviado para testes possui um cabo bem reforçado para se conectar ao console. Mas, para ficar perfeito, seria interessante que ele fosse sem fio, não acham? Para um maior conforto e comodidade do jogador.

Visão geral da parte traseira do joystick da Razer.

Os parafusos do joystick são bem vedados e protegidos, o que é uma boa pedida. Afinal, nunca sabemos quando nosso irmão mais novo ou primo “bem intencionado” vai tentar abrir o controle para ver como ele funciona, não é mesmo?

Na parte traseira, também encontramos os botões de remapeamento do controle. Como disse antes, o Razer Onza Tournament permite uma programação personalizada de seus comandos e recursos, de acordo com o jogo, e com as necessidades dos jogadores.

Porém, temos aqui o ponto negativo do Razer Onza Tournament. Nessa foto, é possível ver o chatpad da Microsoft “perfeitamente encaixado” no controle da Razer. Porém, essa imagem não passa de uma “ilusão de ótica”. Na verdade, não é bem isso, mas só tem efeito visual, e não funcional.

Ao tentar conectar o chatpad no joystick da Razer, o design dos dois periféricos não se encaixam, o que torna os produtos incompatíveis. Ou seja, o seu chatpad não funciona no controle da Razer, o que é uma pena.

Visão geral do joystick quando conectado ao Xbox 360.

Outro bom diferencial do joystick da Razer é que ele possui botões de comando iluminados. Ou seja, se você quiser jogar no escuro do seu quarto ou sala, pode fazê-lo sem maiores prejuízos.

Mas a principal qualidade do joystick Razer Onza Tournament é o seu peso. É um controle mais leve que o original da Microsoft, e isso acaba beneficiando em turnos de jogos mais longos. Nos testes feitos, acabou sendo mais prazeroso jogar por mais horas com esse controle, e seu tempo de reposta foi muito bom em títulos como F1 2011, FIFA 12 e Forza Motorsport 4. Em jogos de luta, ele se sai bem também, mas com aquela ressalva para os controles direcionais digitais para comandos especiais, como em jogos como Street Fighter vs Tekken. Mas, se você já se habituou a jogar com os direcionais analógicos, esse não vai ser um problema para você.

Abaixo, algumas fotos que comparam o design do Razer Onza Tournament com o joystick do Xbox 360.

Análise final

Por fim, o joystick Razer Onza Tournament está APROVADO. É um periférico que possui um preço relativamente competitivo (R$ 199, na média), se levarmos em conta os seus recursos adicionais. Sua leveza e performance podem ser os aliados perfeitos para aqueles que buscam jogar os seus jogos por mais tempo, e o seu conjunto é atraente o suficiente para agradar a maioria dos gamers.

Veja abaixo o vídeo review do periférico.