hp-slate-7-hero

Nem só de computadores vive a HP. Em 2013, eles decidiram apostar com um pouco mais de ênfase no mundo da mobilidade, e a principal investida nesse segmento no ano está representada no tablet HP Slate 7. O produto chegou ao mercado brasileiro como uma opção de entrada, mas com a “grife” de uma marca consagrada, e com alguns recursos que o diferenciaria dos seus principais concorrentes.

Recebemos da assessoria de imprensa da HP do Brasil uma unidade do Slate 7. Testamos o produto por dez dias, e nesse review, passamos as impressões obtidas. Vamos descobrir se o produto está mesmo acima dos seus concorrentes na mesma faixa de preço, e se os seus diferenciais justificam a sua compra, principalmente para quem deseja um tablet Android para as necessidades mais básicas.

Características Físicas

Um dos diferenciais do HP Slate 7 em relação aos seus concorrentes diretos é a qualidade de sua construção. Mesmo sendo considerado um tablet de entrada (ou “de baixo custo”, se preferir assim), ele é muito bem montado, com um acabamento excelente e a utilização de materiais que passam uma maior sensação de segurança e dedicação da HP em oferecer um produto um pouco melhor do que o convencional.

DSC01256

Suas laterais contam com um acabamento metálico, que reforça essa sensação de solidez no tablet. Nada de bordas pintadas, e os parafusos ficam muito bem integrados ao corpo do produto (os poucos parafusos na parte superior são visíveis, mas não se sobressaem ao design do produto).

DSC01274

Além disso, a parte traseira do tablet é composta por um material levemente emborrachado, oferecendo assim uma maior sensação de segurança no agarre do produto. E, convenhamos: você não vai encontrar essa mesma qualidade de acabamento nos concorrentes de preço do Slate 7.

DSC01266

DSC01251

Também não podemos nos esquecer da câmera traseira do produto, de 3 megapixels. Falaremos sobre ela mais adiante.

DSC01271

Como a tampa traseira do produto não é removível (assim como acontece na maioria dos tablets, e essa é até uma escolha coerente para dispositivos dessa categoria), o slot para cartão de memória fica na parte superior, ao lado do conector para fones de ouvido.

DSC01262

Também merece destaque os alto-falantes na parte inferior, próximos ao conector para o cabo micro USB.

DSC01269

O tamanho do produto (com dimensões de 197 x 116 x 10.7 mm, e peso de 370 gramas) favorece ao usuário que deseja utilizá-lo em diferentes situações. Para uma eventual leitura, ele é compacto o suficiente para ser segurado com apenas uma das mãos (desde que a sua mão seja razoavelmente grande) na posição vertical, ou na horizontal, com as duas mãos nas bordas inferior e superior.

DSC01232

E, mesmo que você conte com mãos pequenas, você ainda consegue ter uma ótima usabilidade com o dispositivo, em uma eventual necessidade de produtividade (digitar e-mails e mensagens nas redes sociais), mesmo que o produto não seja pensado necessariamente para aqueles que querem desenvolver atividades mais longas e complexas.

Acessórios

Além de uma embalagem mais reforçada do que os seus concorrentes diretos (temos que fazer isso sempre para uma análise mais justa), o HP Slate 7 oferece os itens básicos para que o usuário possa utilizar o produto de forma imediata. Ou seja, o cabo micro USB para conexão com o computador e recarga de bateria, e o adaptador de rede elétrica.

DSC01287

E não… apesar do produto contar com os recursos da Beats Audio (algo que vamos abordar mais adiante nesse review), ele não vem com fones de ouvido, seja da Beats, seja de qualquer outro fabricante. A HP deve ter compreendido que a adição desse acessório poderia encarecer o valor final do produto. Bom, é o que eu imagino que aconteceu (não é uma posição oficial da HP). Até porque estamos falando de um produto de entrada, e o que interessa nesse caso é oferecer um produto barato para o consumidor.

Tela

A sua tela de 7 polegadas é multitoque, o que torna a sua usabilidade algo mais prazeroso e eficiente para as tarefas mais básicas. Para quem deseja ler os feeds das redes sociais, ler e-mails, ler eBooks e consumir conteúdos de foto e vídeo de forma descompromissada, o produto pode atuar muito bem, sem trazer maiores problemas ou inconvenientes.

DSC01225

Por outro lado, a tela do HP Slate  7 reflete as características de uma tela de um produto de entrada, com uma aparência mais “lavada”, com cores menos vivas. Não é um problema do produto, mas sim uma característica que um modelo do seu preço oferece. Temos sempre que ter em mente que esse tablet tem como principal objetivo ser um produto barato, mais barato do que concorrentes mais destacados (como o Nexus 7 e o Kindle Fire), e por conta disso, algumas de suas características se apresentam mais limitadas.

DSC01242

Sua tela possui uma resolução de 1024 x 600 pixels. Sim, eu sei que você esperava uma tela com, pelo menos, resolução HD (720p), mas já explicamos no parágrafo anterior por que isso não está presente. Por conta disso, essa não é a tela ideal para ver vídeos e rodar jogos, mas entendo que é algo que os compradores desse produto já deverão estar bem cientes disso antes da compra. Ou seja, não deve ser algo que deve incomodar (e reviews como esse servem TAMBÉM para serem usados como argumentos do tipo “não diga que ninguém avisou”).

DSC01248

Sistema Operacional e Interface de Usuário

O HP Slate 7 conta com o sistema operacional Android 4.1.1 Jelly Bean, o que é mais que suficiente para gerenciar todos os seus recursos técnicos. Não imagino esse produto sendo atualizado para o Android 4.4 KitKat, mas como é de objetivo da Google oferecer o sistema para o máximo de dispositivos possível com especificações técnicas recomendadas para o sistema (1 GB de RAM, pelo menos), eu não descarto o update. A HP não se pronunciou sobre o assunto até o momento da produção desse review.

Screenshot_2013-11-19-23-01-00

Um ponto positivo do produto está no fato da HP não ter customizado a interface de usuário do tablet. Ou seja, você encontra no Slate 7 o Android em estado puro, o que é algo sempre muito bem vindo, já que oferece ao usuário a experiência do Android tal como foi pensada pela Google. Além disso, não encontramos no produto os “cacarecos” adicionados por outros fabricantes, que invariavelmente acabam afetando no desempenho final do produto.

Screenshot_2013-11-09-19-04-03

Por conta disso, não há surpresas nem novidades na interface do Android do HP Slate 7. Alguns poucos aplicativos dedicados foram adicionados pela HP, como o ePrint (que permite a impressão sem fio de conteúdos através de impressoras compatíveis com o recurso).

Screenshot_2013-11-19-23-00-14

Talvez a principal adição encontrada no Android do Slate 7 está mesmo no item Beats Audio, que oferece ajustes dedicados para a reprodução de áudio com fones de ouvido, permitindo alguns ajustes específicos e individuais para diferentes tipos de fones, incluindo o Beats Passive.

Qualidade de Áudio

Aqui, temos um ponto de “decepção” com o produto. Mesmo levando em consideração que o produto se destina a ser acessível no seu valor final, eu imaginava que, pelo fato da Beats Audio estar presente na concepção do tablet (contribuindo com as suas tecnologias), que a reprodução de áudio fosse algo mais satisfatório, com alto volume e boa qualidade. Não foi isso o que encontramos.

DSC01259

Os alto-falantes externos do tablet são apenas medianos, com um volume de áudio um pouco abaixo do satisfatório. Talvez até faça algum sentido, já que a HP decidiu investir mais na qualidade de áudio para quando o produto é utilizado com os fones de ouvido. Mesmo assim, estamos falando de um produto que é superior aos seus concorrentes diretos em vários aspectos. Poderia ser melhor nesse item também.

Já quando utilizado com os fones de ouvido, a coisa muda de figura completamente. Como utiliza as tecnologias de equalização da Beats Audio, o HP Slate 7 possui uma reprodução excelente dos conteúdos multimídia armazenados e instalados no dispositivo, principalmente quando utilizados com fones do tipo in-ear. Diferentes timbres (graves, médios e agudos) e instrumentos são ouvidos claramente na execução de músicas, vídeos e jogos, e a experiência de uso nesse aspecto é excelente.

Em resumo: se você quer privacidade para jogar, ver os seus filmes e ouvir suas músicas, o HP Slate 7 vai oferecer uma experiência sonora impecável, desde que você utilize os fones de ouvido de sua preferência.

Internet

Por ser um produto de entrada, o HP Slate 7 não conta com a conectividade 3G de forma nativa, deixando o WiFi como opção única para acesso à internet. E, nesse ponto, o produto apresentou um bom desempenho.

Screenshot_2013-11-19-23-02-39

Trabalhando no padrão 802.11 b/g/n, o WiFi do dispositivo não apresentou problemas de inconsistência de sinal, e sua performance foi considerada satisfatória durante os testes para as diferentes situações (jogos, navegação em geral, redes sociais, streaming, etc). O tablet oferece poucas opções nativas para acesso à web (Chrome incluso), mas não observamos maiores dificuldades nos demais recursos utilizados (redes sociais, streaming, etc).

Câmera

Eu sou um daqueles que entendem que um tablet NÃO precisa ter uma câmera traseira, pelo simples fato de não ser algo muito elegante registrar fotos com um produto com uma tela de 7 polegadas (me desculpem os hipsters, mas é o que eu penso). No máximo uma câmera frontal para videochamadas (algo que é mais do que bem vindo em qualquer dispositivo móvel). Mas como o HP Slate 7 traz o recurso, vamos analisar se o mesmo pode corresponder aos anseios dos fãs da fotografia.

IMG_20131119_152452

Sempre levando em consideração que estamos diante de um produto de entrada, e que a câmera está mais como um “bônus” do que como um dos itens essenciais para destacar o produto, o sensor de 3 megapixels presente no Slate 7 não faz milagre. Sem recursos de foco automático, ajustes de imagem e outros ajustes necessários para a captação de imagens, a câmera oferece fotos simples, que não se comparam na qualidade final com as fotos registradas pelos smartphones, mesmo que de médio porte.

IMG_20131119_152042

A mesma regra vale para a câmera frontal, com resolução VGA, que é mais que suficiente para as eventuais videochamadas que você poderá realizar com o produto. Aliás, essa câmera frontal poderia até contar com uma qualidade maior, levando em consideração que o único modo de conectividade presente no Slate 7 é o WiFi. Ou seja, não dá para esperar fotos com boa qualidade desse sensor frontal. Nem mesmo para fazer uma graça com os amigos.

A seguir, algumas amostras das fotos registradas pelo HP Slate 7 no dispositivo durante os testes.

IMG_20131118_095827 IMG_20131119_144905 IMG_20131119_152434 IMG_20131119_152437 IMG_20131119_152440 IMG_20131119_152454 IMG_20131119_152514 IMG_20131119_152522 IMG_20131119_152525 IMG_20131119_152530 IMG_20131119_152703 IMG_20131119_152712 PANO_20131119_152625

Games

Com um processador ARM A9 dual-core de 1.66 GHz e 1 GB de RAM, o HP Slate 7 oferece um hardware suficiente para rodar sem maiores problemas os jogos mais básicos. Os jogos com gráficos mais elaborados (como Real Racing 3 e Iron Man 3) e que exigem um pouco mais do conjunto de hardware do dispositivo são “jogáveis”, dentro de suas limitações.

Screenshot_2013-11-19-23-05-44

Mais uma vez, é bom lembrar que estamos falando de um tablet de entrada, que não foi pensado para rodar jogos com gráficos mais exigentes. Porém, isso não quer dizer que executar tais jogos seja algo considerado impossível. Diferente de outros tablets considerados de entrada, o HP Slate 7 até consegue desempenhar bem alguns títulos mais pesados, com alguns lags e travamentos eventuais, mas nada que prejudique a jogabilidade de forma crítica.

Screenshot_2013-11-19-23-09-42

De novo: não é o melhor tablet do mundo para rodar jogos (e nem foi feito para isso, logo, não há desabono nesse aspecto), mas para aqueles que pensam em eventualmente jogar no dispositivo, até que poderá contar com uma experiência satisfatória, sempre levando em consideração as suas limitações técnicas.

Screenshot_2013-11-19-23-13-14 Screenshot_2013-11-19-23-13-31 Screenshot_2013-11-19-23-14-58 Screenshot_2013-11-19-23-15-10

Multimídia

Por contar com os recursos da Beats Audio, podemos dizer que o HP Slate 7 tem nessa característica a sua principal vantagem para as atividades multimídia. Fora isso, ele não conta com players de música e vídeo dedicados, ficando restrito aos aplicativos nativos da Google (Google Play Música e Google Play Vídeos).

Screenshot_2013-11-19-23-03-32

Como já é de conhecimento geral, esses aplicativos oferecem os recursos mais básicos de música e vídeo, o que faz com que o usuário um pouco mais exigente busque pelas alternativas disponíveis na própria Google Play Store para complementar o uso, ampliando as possibilidades de utilização de vídeos com legendas e/ou identificação de formatos de vídeo não reconhecidos de forma nativa pelo tablet.

Durante os testes, não observamos maiores dificuldades na reprodução dos principais formatos de áudio e vídeo. Obviamente, o produto fraquejou na hora de reproduzir conteúdos em alta definição, mas isso já era esperado. De um modo geral, o Slate 7 se sai melhor na reprodução de conteúdos via streaming (YouTube, Netflix, etc) do que nos arquivos armazenados no dispositivo e/ou cartão de memória (mas isso não quer dizer que ele não o faça bem).

Bateria

O Slate 7 possui uma bateria de 3.500 mAh, que segundo a HP, possui uma autonomia de até 5 horas de reprodução de vídeos. Em nossos testes, a autonomia de bateria foi dentro do esperado, com um consumo maior em atividades que exigem um pouco mais do seu hardware, ou que obrigam o produto a permanecer com a sua tela ligada por mais tempo.

Mais uma vez, temos aqui uma assinatura de um produto de entrada nesse comportamento de bateria. Modelos um pouco mais avançados nas suas especificações (e mais caros no seu preço sugerido) contam com autonomias de consumo maiores do que a apresentada pelo Slate 7. Porém, de novo, temos que enfatizar que o comportamento do modelo da HP para a sua proposta de preço é absolutamente normal.

E que o futuro comprador fique bem ciente disso: é um produto que até pode sobreviver por um dia inteiro de uso, desde que esse uso seja moderado, e com alguns comportamentos considerados necessários para aqueles que precisam economizar um pouco mais de bateria para aproveitar melhor as suas funcionalidades.

Desempenho

Enfatizamos o review inteiro que o HP Slate 7 é um produto de entrada, e próximo ao final desse review, podemos dizer que ele é sim um tablet de baixo custo, mas com alguns diferenciais interessantes. Por contar com um processador um pouco mais potente que alguns de seus concorrentes de marcas menos conhecidas (processador ARM A9 dual-core de 1.66 GHz, 1 GB de RAM e 8 GB de armazenamento interno – expansíveis via slot para cartões microSD de até 32 GB), o seu desempenho geral é satisfatório e relativamente estável.

Screenshot_2013-11-19-23-00-29

Para um produto do seu porte, ele desempenha bem as suas tarefas. As atividades mais básicas e procuradas pelo usuário (redes sociais, internet, eBooks, jogos básicos, etc), são executadas sem maiores problemas, e entendo que os usuários que buscam um tablet na sua faixa de preço (R$ 600 ou menos) querem um produto cuja ênfase de desempenho seja para essas atividades.

Logo, para ser objetivo, eu digo que: entre o modelo da HP e um tablet de marcas alternativas (na mesma faixa de preço), se eu tivesse que escolher um tablet de entrada hoje, a minha escolha seria o HP Slate 7.

DSC01236

Conclusão

O HP Slate 7 é um produto que cumpre ao que se propõe a ser: um tablet de baixo custo, para atender às necessidades mais básicas dos usuários que não querem gastar muito com um produto desse porte, e com alguns diferenciais que o coloca na frente de seus concorrentes de preço. Um produto com um acabamento de boa qualidade, a tecnologia Beats Audio e uma performance que até surpreende em alguns aspectos. Entendo que é uma das melhores escolhas dentro da sua faixa de preço (sugerido de R$ 599). Excelente para quem não exige muito de um tablet, ou para quem não pode gastar muito em um tablet para fazer o básico.

Review em Vídeo

 04-botao-clique037-180.jpg