asus-zenfone-6-preto

“Um smartphone com tela de 6 polegadas é quase um tablet”. Já ouvi isso muitas vezes nos últimos meses, por conta do fenômeno dos phablets. E, mesmo assim, esse é o segmento de mercado que ditou as novas regras para smartphones. A maioria quer telas maiores para interagir melhor com os sistemas operacionais, além de dispensar a necessidade de ter um smartphone e um tablet. Até porque, convenhamos, estamos falando de dispositivos com telas de 5.5 e até 6 polegadas.

O ASUS ZenFone 6 foi apresentado no ano passado, junto com o ZenFone 5 (que já testamos aqui no blog). A ideia do produto era ser a opção para quem buscava um phablet, ou queria aposentar o tablet de vez. Mas muito mais do que uma tela grande, o modelo quer oferecer um desempenho ajustado por um preço competitivo, sendo a alternativa para quem quer ter uma boa experiência de uso sem precisar gastar muito.

O review vai mostrar os prós e contras de ter um dispositivo com essas dimensões. Vale a pena utilizar um phablet como dispositivo pessoal? A proposta da ASUS se paga na sua relação custo/benefício? Vamos descobrir a seguir.

 

Características Físicas

2015-03-19 10.27.21

O ASUS ZenFone 6 pode ser definido pela palavra “grande”. É impossível não ter essa primeira impressão quando utilizamos o produto presencialmente. Comparado ao meu smartphone de uso pessoal de momento (Motorola Moto Maxx), o ZenFone 6 é consideravelmente maior, mas com peso similar, o que é um mérito para o produto da ASUS.

O produto enviado pela assessoria de testes da ASUS está na cor preta. Particularmente, prefiro mais essa opção. A carcaça traseira do produto é composta em plástico fosco, diminuindo as chances do aparelho sofrer das marcas de uso diário. É claro que você deve sempre utilizar um case para proteger o aparelho de quedas e pancadas, mas pelo menos o smartphone não ficará encardido ou com marcas de dedo e gordura.

2015-03-19 10.34.02

As seis polegadas de tela fazem a diferença na pegada do dispositivo. Eu tenho mãos grandes. Logo, segurar o dispositivo com uma das mãos não chega a ser um grande problema. Comparado a um dispositivo com 7 polegadas de tela, o ZenFone 6 foi confortável para mim. Agora se você tem mãos de tamanho menor, pode esquecer: pense nesse smartphone como um “tablet em miniatura”.

2015-03-19 10.35.25

O ASUS ZenFone 6 é muito bem construído, onde sua carcaça externa fica bem encaixada no dispositivo. Na parte interna do dispositivo, encontramos os slots para SIM cards e para o cartão microSD, na parte central. Com isso, todos os parafusos de encaixe do aparelho ficam muito bem escondidos. Internamente, o smartphone reforça a sensação de cuidados da ASUS nesse aspecto.

2015-03-19 10.29.45

De um modo geral, o ASUS ZenFone 6 é um aparelho que agrada muito nas suas características físicas. Talvez uma coisa que não deva agradar a alguns usuários são os botões Android impressos na carcaça do dispositivo. E o que é pior: não há um sistema de iluminação instalado abaixo desses botões. Ou seja, se você usa o smartphone no escuro, tem a sua experiência de uso bem prejudicada.

2015-03-19 10.28.32

 

Tela

A tela do ASUS ZenFone 6 possui (obviamente) 6 polegadas de tela, em uma resolução de 1280 x 720 pixels (IPS, 294 ppp). Muitos sentirão falta de uma tela Full HD para um dispositivo com essas dimensões, mas a ASUS promete compensar isso com algumas tecnologias para oferecer uma imagem de alta qualidade. E eles alcançam esse objetivo no resultado final.

2015-03-19 10.28.50

A tela do ZenFone 6 é retroiluminada em 100%, e com a tecnologia TruVivid da ASUS, a tela do dispositivo oferece cores mais vivas, com maior claridade e brilho. Quando a sua tela fica desligada, ela se coloca em um estado completamente escuro. No final das contas, o resultado final das imagens ofertadas é muito boa, com uma qualidade que justifica o investimento para aqueles que querem consumir conteúdos multimídia em qualquer lugar.

Quero dizer, entendo que a maioria dos usuários ficará satisfeita com a qualidade que a tela do ZenFone 6 oferece. Aliás, existe uma certa discussão sobre a validade de telas de alta definição em dispositivos móveis. Alguns preferem um dispositivo com tela que seja de, pelo menos, Full HD (1080p), por conta da maioria dos conteúdos já serem produzidos nesse formato.

Por outro lado, alguns fabricantes acreditam que telas em Quad HD (QHD) não são necessárias para a maioria dos usuários, pois mais servem para gastar bateria do que oferecer grandes diferenciais na reprodução de imagens. Pelo visto, a ASUS aposta nessa teoria, e apesar de uma tela generosa, a resolução é limitada aos 720 pixels.

O ASUS ZenFone 6 conta com a proteção Corning Gorilla Glass 3, com a tecnologia Native Damage Resistance, que aumenta a proteção da superfície e diminui as possibilidades de rachaduras laterais (veja bem: diminuir as possibilidades não quer dizer que não pode rachar). Por outro lado, a ASUS em seu site promete que essa tela possui um revestimento contra marcas de dedo. Mas como você pode ver nas imagens a seguir, não é bem assim que a banda toca no uso diário.

2015-03-16 11.39.04 2015-03-16 11.39.16

 

Sistema Operacional e Interface de Usuário

O ASUS ZenFone 6 que recebemos para testes contava com a versão Android 4.4.2 KitKat, com a interface ZenUI. E nessa versão ficou até o final dos testes. Levando em conta o seu conjunto de hardware, a boa qualidade de sua tela, e as tecnologias integradas pela ASUS, podemos dizer que, nesse caso, não é uma má ideia ter uma interface dedicada. Entendo os puristas que preferem o Android “puro” (eu também prefiro), mas assim como aconteceu no ZenFone 5, a experiência de uso aqui é tão agradável, que não há necessidade de mudar o que está funcionando tão bem.

Screenshot_2015-03-21-20-05-39

O conjunto geral funciona com um excelente desempenho, de forma muito fluída e funcional. Algumas soluções de software adotadas pela ASUS para essa interface são muito bem vindas, como o widget What’s Next, que adiciona lembretes em uma das telas principais da interface, o Zen Link, que é um conjunto de aplicativos de conectividade que facilitam a interação do smartphone com os PCs, televisores e outros dispositivos, aplicativos de backup e transferência de dados, espelho, editor de filmes, previsão do tempo, chat, armazenamento na nuvem, anotações, entre outros.

Screenshot_2015-03-21-20-10-47

De um modo geral, o ZenFone 6 se comportou de forma impecável na maior parte do tempo, e nas mais diferentes atividades. Seja na navegação na internet, para rodar jogos ou ver vídeos no YouTube, o sistema operacional não apresentou travamentos nem engasgos. E, de novo: sua interface de usuário não comprometeu em nada na experiência de uso.

Screenshot_2015-03-21-20-05-58

 

Qualidade de Áudio

Apesar de estar acostumado aos alto-falantes frontais da Motorola, o áudio do ASUS ZenFone 6 não chegou a me incomodar, mas poderia ser um pouco melhor. Apesar do smartphone contar com a tecnologia de áudio SonicMaster, o seu alto falante fica posicionado na parte traseira, o que prejudica um pouco a experiência final do áudio reproduzido.

2015-03-19 10.34.43

Você consegue até ouvir bem o som de jogos, vídeos e games, mas falta um pouco de volume para situações específicas, como vídeos onde o diálogo é o que predomina (nos videoclipes, onde a ênfase está na música, ele até que vai bem).

De qualquer forma, entendo que a maioria dos usuários não vão se incomodar com esse detalhe. Até porque a maioria das pessoas que assistem vídeos deve utilizar os fones de ouvido para não incomodar as outras pessoas. Mesmo assim, alguns usuários podem se incomodar com esse aspecto.

Sobre a qualidade das chamadas, o áudio reproduzido pelo alto-falante frontal é igualmente satisfatório, e a qualidade de sinal é realmente muito boa. A solução adotada pela ASUS em colocar uma antena dupla para a recepção de sinal mostra sua eficiência durante as chamadas, e tal tecnologia até ajuda a preservar a bateria do dispositivo, já que o mesmo não fica por muito tempo procurando um sinal de rede disponível.

 

Câmera

2015-03-19 10.34.32

A ASUS se dedicou a oferecer uma competente câmera para os usuários do ZenFone 6, e todo o esforço rendeu um resultado muito positivo. O sensor traseiro de 13 megapixels oferece fotos de boa qualidade, em diferentes condições de luz e com vários recursos para extrair os melhores resultados.

Screenshot_2015-03-18-17-45-35

O aplicativo de câmera oferece configurações pré-definidas para diferentes situações de fotos. Esses recursos não só otimizam as imagens para esses cenários específicos, como também atuam como “assistentes”, que direcionam o usuário para um melhor manejar do aparelho, para assim produzir fotos de maior qualidade. De fato, a maioria dos usuários ficarão satisfeitos com esses modos pré-definidos, e podemos dizer que qualquer pessoa pode produzir boas fotos com esse dispositivo.

Screenshot_2015-03-18-17-45-52

Além disso, o software de câmera também conta com os sempre bem vindos ajustes manuais, onde os usuários mais experientes podem ajustar de forma mais precisa as configurações da câmera. E essa versatilidade pode ajudar a obter resultados de fotos ainda melhores.

P_20150307_164046 P_20150319_102624 P_20150319_171237 P_20150319_171805 P_20150321_121956

No final das contas, mesmo em modo automático, a câmera do ZenFone 6 consegue obter fotos muito boas em condições de boa iluminação. Em ambientes com luz artificial, a câmera também se sai bem, com baixo nível de ruído. Como disse, o smartphone vai muito bem no aspecto fotográfico, com ótimos resultados de imagem.

P_20150319_171526

A câmera frontal de 2 megapixels fica dentro do padrão que encontramos em outras marcas e modelos. Oferece uma resolução boa o suficiente para as videochamadas. Já para as selfies, é preferível utilizar o ‘modo selfie’ presente na câmera traseira, que identifica a quantidade de rostos a serem registrados, e tira a foto sem maiores dificuldades. A câmera traseira do ZenFone 6 também grava vídeos a 1080p.

Games

Em linhas gerais, o ASUS ZenFone 6 vai bem nos jogos. Levando em consideração o tamanho de sua tela, a interação com os títulos será excelente, e você não terá muitos problemas em interagir com os elementos de jogos de diferentes categorias.

Screenshot_2015-03-21-20-09-41

A qualidade de exibição dos gráficos é elevada, onde os títulos que contam com mais detalhes nas imagens podem ser executados sem maiores problemas. De um modo geral, o desempenho dos jogos foi muito satisfatório, onde na maioria dos casos não se notou arrastos ou engasgos. Podemos dizer que o ZenFone 6 é competente nesse tipo de tarefa, e deve agradar a maioria dos usuários.

Screenshot_2015-03-21-20-13-33

Alguns poderão dizer que o ideal seria uma tela de 1080p (Full HD) no lugar dos 720 pixels presentes no ZenFone 6. Eu até concordo, mas levando em conta os conteúdos de vídeo. Nos jogos, entendo que tal detalhe seja muito relevante, ainda mais se levarmos em conta que o seu SoC, apesar de competente, é mais limitado que os seus principais concorrentes.

 

Desempenho e Armazenamento

O ASUS ZenFone 6 oferece um ótimo desempenho para um uso diário. Nos testes realizados, o dispositivo não apresenta engasgos ou travamentos. O seu hardware (processador Intel CloverTrailPlus 2×2 1.6 GHz, 2GB RAM) é mais do que suficiente para oferecer um desempenho fluído e agradável durante todo o período de testes do smartphone.

Levando em conta o seu tamanho de tela e suas características físicas, o ZenFone 6 foi muito bem durante os testes e, de fato, pode mesmo combinar o melhor dos dois mundos para aqueles que querem substituir o tablet de vez, e ter um smartphone para manter a comunicação pessoal e profissional (lembrando: é um dispositivo dual SIM).

O ZenFone 6 conta com 16 GB de armazenamento, que podem ser expandidos via slot microSD de até 64 GB. Entendo que, com tal capacidade, a maioria dos usuários não devem enfrentar problemas na hora de armazenar fotos, vídeos, músicas e outros conteúdos pessoais no dispositivo.

 

Bateria

Para alimentar uma tela de 6 polegadas, o ASUS ZenFone 6 conta com uma bateria de 3.300 mAh. É uma bateria menor do que aquela presente no Motorola Moto Maxx (3.900 mAh). Mesmo assim, o modelo da ASUS consegue ser bem competente para um uso diário.

Durante os testes, não foi difícil alcançar o dia completo de uso moderado (redes sociais, chamadas, navegação na internet, poucos minutos de vídeo e jogos, etc). Porém, quando a tela do produto fica ativa por muito tempo, ou quando executamos jogos e aplicativos mais pesados, a bateria tende a ser consumida mais rapidamente.

É preciso ter um certo cuidado com o consumo de bateria do dispositivo, mas muito mais em função do tamanho de sua tela. Deixar o seu brilho em 50% pode ajudar um bocado para os usuários mais ativos.

 

Conclusão

2015-03-19 10.27.36

O ASUS ZenFone 6 está aprovado. É um smartphone com um conjunto técnico muito interessante, dentro de uma faixa de preço mais atraente ainda. Não é um produto top de linha, mas é um excelente intermediário com tela de 6 polegadas, o que pode ser um interessante diferencial para quem procura aposentar o tablet de uma vez por todas.

Entre as opções disponíveis na categoria de phablets, o ZenFone 6 acaba naturalmente sendo uma das melhores relações custo/benefício do mercado. A Intel mais uma vez fez um belo trabalho ao oferecer um hardware competente o suficiente para entregar uma boa experiência de uso, e os recursos da ASUS tornam o dispositivo bem interessante para boa parte dos usuários que esperam por tais funcionalidades.

 

Review em Vídeo

 

19361979