Motorola e Sony podem ser os primeiros a seguir esta tendência, com os modelos MotoACTV e o Sony Xperia Smartwatch, mas não devemos ter nenhuma dúvida que o próximo “boom” no mundo dos gadgets, ou melhor, no segmento de acessórios para gadgets, está nos relógios inteligentes. Nos últimos dias, ouvimos os rumores do iWatch da Apple, e hoje, estamos diante da proposta que promete ser a aposta da Samsung para o mesmo segmento.

Baseado no Android (não poderia ser de outra forma), o relógio responderia pelo nome de Galaxy Altius, e quem garante isso é um fórum coreano que fornece as imagens capturadas.

O mercado de smartwatchs é muito ambicioso, mas não passou disso. Os fabricantes desejam ver esse tipo de produto crescendo em alta escala, mas parece que o consumidor ainda não comprou essa ideia. Já vimos nascer na Kickstarter o Pebble, um relógio com tela de e-ink, que é perfeito para ser sincronizado com um smartphone, e como já citei antes, são cada vez mais fortes os rumores que a Apple estaria trabalhando no seu iWatch.

No caso do relógio da Samsung, estamos falando de um dispositivo que, supostamente, conta com uma versão modificada do Android, que recebe o nome de Altius OS, e cuja interface estaria simplificada para que o seu uso seja fácil, prático e simples no pulso. Além disso, as imagens capturadas da tela indicam que o dispositivo conta com 256 MB de RAM, e a possibilidade de reproduzir músicas ou controlar a reprodução musical de outro dispositivo.

Até agora, essa categoria de dispositivos como o Pebble ou o Sony Smartwatch, devem trabalhar em conjunto e sincronizados com um smartphone, o que oferece funções tão práticas como ler e-mails, mensagens de texto e notificações a partir de uma pequena tela em nosso pulso, sem precisar tirar o telefone do bolso. Algo que parece cômodo, se levarmos em conta que os smartphones possuem telas cada vez maiores.

O Samsung Galaxy Altius ainda não existe de forma oficial. Segue sendo mais um rumor do que um fato concreto. Mas se conhecemos bem os coreanos e o seu desejo de apostar em diferentes linhas de produtos, não deve nos causar estranheza nenhuma que as imagens sejam legítimas, e que esse produto ofereça algo um pouco mais inovador do que simplesmente “sincronizar com um smartphone”.

Via Celularis