A tumultuada relação entre Apple e Samsung continua rompendo fronteiras ao redor do mundo, e tomando um viés cada vez mais surreal. Dessa vez, temos mais uma decisão judicial que, honestamente, é difícil de avaliar o nível de bizarrice da sentença.

A justiça britânica está plenamente convencida que o Samsung Galaxy Tab 10.1 não copia o design do iPad, e vocês já sabem o motivo (só pra lembrar: o juiz do caso disse que “o Galaxy Tab 10.1 não é tão legal assim para copiar o iPad”). Porém, Colin Briss, o juiz que analisa a disputa das duas empresas no país, decidiu levar a sua decisão um pouco mais além, obrigando a Apple a anunciar, pública e claramente, que a Samsung não copiou o design do iPad. E tal pronunciamento deve acontecer tanto na página da empresa de Cupertino, como também em diversos veículos de comunicação, como jornais e revistas britânicos. Isso tudo é para ajudar a desmistificar a má imagem que se criou em torno do tablet da empresa sul-coreana por causa desse tema. Ao que parece, a mensagem online deve permanecer no portal da Apple durante um período de, pelo menos, seis meses.

Olha, a medida é patética. Todos sabem o quanto eu sou contra a “Guerra das Patentes”, e o quanto eu acho ridícula a postura dos fabricantes que usam de tal expediente para retirar o produto do rival do mercado, para dominar o mesmo mercado como “dono absoluto”, sem nenhum tipo de concorrência. Por outro lado, as decisões judiciais sobre a questão reforçam o quão ridícula essa disputa é.

Com todo respeito, mas é mais fácil porcos voarem do que a Apple aceitar tal condição. Mais capítulos dessa novela em breve.

Via Business Insider