tablets

 

O mercado de tablets saturou e as vendas despencam cada vez mais rápido. A IDC revela em seu último relatório que aqueles que afirmavam que os tablets matariam os PCs estavam redondamente enganados.

A tendência de queda dos tablets já dura quase dois anos, onde o aumento do tamanho de tela dos smartphones somado com o lançamento de notebooks 2 em 1 ou conversíveis canibalizaram o segmento tablet.

Para tentar resumir: todo mundo que queria um tablet já tem um, e não há muitos motivos para comprar um novo, já que a maioria dos modelos atuais são versões melhoradas dos modelos lançados há 3 anos. Nem mesmo Apple e Google conseguem ser capazes de reverter esse cenário.

 

 

O auge das vendas no segmento aconteceu entre 2010 e 2013. Porém, os consumidores já não precisam tando desse tipo de produto já que passam mais tempo com o seu smartphone com tela grande.

No Top 5 entre os fabricantes, deixando de lado o crescimento da Huawei, o mercado retrocedeu, onde nem mesmo o “novo iPad”(?) ou o Samsung Galaxy Tab S3 conseguiram tirar essas empresas do vermelho nas vendas.

 

 

Então… estamos diante do começo do fim dos tablets como produto de consumo em massa? Eles serão canibalizados pelos smartphones com telas de grande dimensão e os novos notebooks convers’vieis.

O que precisam os tablets para voltar a te convencer?

 

Via IDC