WhatsApp

 

A queda do WhatsApp na noite de quarta-feira (3), a mais impactante da história do serviço, pode ter acontecido por uma falha na atualização do aplicativo.

A empresa de gestão de desempenho digital Dynatrace levanta essa bola. O serviço de mensagens instantâneas de propriedade do Facebook deixou 1.2 bilhão de usuários com tempo livre para serem produtivos por duas horas.

Duas horas depois do apagão, o serviço voltou a funcionar, os responsáveis pelo serviço pediram desculpas, mas não foram dadas maiores explicações sobre a origem do problema.

Para a Dynatrace, é provável que uma atualização do aplicativo, enviada pelo WhatsApp, causou todo o problema, com o envio de um código novo que ainda não está pronto para o lançamento.

O WhatsApp é muito pressionado pelos próprios usuários para adicionar novas funções constantemente, e isso é um risco. Uma linha de código errada, e o aplicativo pode parar de funcionar.

Outros especialistas afirmam o mesmo: a queda foi provocada pela inclusão de novidades no aplicativo.

A verdade? Jamais saberemos (talvez).

De qualquer forma, sempre vale a pena deixar aquele Telegram maroto instalado em seu smartphone. Ou tirar um descanso digital de vez em quando. Sempre é algo bem saudável a se fazer.

Enquanto não recebemos uma explicação oficial do WhatsApp ou o Facebook, só podemos especular.

 

Via Dynatrace