iPhone X

O iPhone X custa a partir de US$ 999, mas o seu custo de produção é, obviamente, bem menor que esse.

Todos os anos nos questionamos o quão caro é produzir os smartphones mais caros do mercado, e o desafiador iPhone X teve os seus custos estimados mais rápido do que o esperado.

O novo iPhone tem especificações de qualidade, design elegante, ótima construção, câmeras acima da média e uma tela OLED ponta a ponta. Tudo isso custa para nós US$ 999, mas… e para a Apple? Bom, vamos responder.

De acordo com a análise feita pelo site iChunt, fabricar o iPhone X tem um custo total de US$ 412 por unidade, o mais elevado da Apple até o momento.

A tela é o componente mais caro do smartphone, e custa entre US$ 80 e US$ 120. É uma tela fornecida pela Samsung Display e é no formato OLED Super Retina.

O novo processador Apple A11 Bionic custa US$ 26 por unidade. O Face ID custa US$ 25, e a RAM de 3 GB custa US$ 24. Aqui, adicione nesses valores a placa de rede da Qualcomm, o armazenamento interno da Toshiba e os demais materiais de construção do dispositivo.

 

 

Em perspectiva, o iPhone X tem um custo de fabricação consideravelmente maior em relação aos modelos anteriores, e supera o do Samsung Galaxy S8. Nesses valores temos que adicionar posteriormente os custos de transporte, taxas governamentais, marketing, I+D e outros.

No final das contas, a Apple é como toda e qualquer empresa do setor de tecnologia: quer obter lucros que agradam os acionistas. E, se o iPhone X for um sucesso, os lucros serão bem gordos.

 

Via iChunt