smartphones-usuarios

 

Um estudo da Informate Mobile Intelligence mediu o tempo gasto de usuários de smartphones em 14 países, e obteve conclusões notavelmente diferentes para os usuários dos países avaliados.

Por exemplo, os norte-americanos passam 4.7 horas por dia com o smartphone, consultando aplicativos (principalmente as redes sociais) 17 vezes por dia, algo insignificante se comparado com as 40 vezes por dia que os usuários da Argentina, Catar, México ou África do Sul consultam. Além disso, os nativos digitais móveis não são os mais novos, como muitos acreditavam, já que o maior uso acontece na faixa etária entre 25 e 54 anos, ou seja, aqueles que nasceram antes da década de 1990.

O estudo também é válido para que veículos de comunicação mostrem as vantagens e os perigos do uso das novas tecnologias, onde muitos colocam o smartphone como o novo mal da sociedade. Deixando a vanguarda da polêmica de lado, temos que lembrar do recente ‘estudo’ que afirmava que hoje os usuários consultavam o smartphone até 150 vezes por dia, e que teve uma grande repercussão na mídia, apesar do estudo não contar com dados fundamentados ou estatísticas relevantes.

Então… qual é a verdade? 4.7 horas diárias, 17 consultas por dia, 40, 150…?

Provavelmente todos os estudos contam com dados corretos e incorretos, já que tudo depende sobre como esse estudo é feito. E os critérios podem variar. E muito.

Via DigitalTrends