qualcomm-liquid-lead

A Qualcomm anunciou oficialmente o seu primeiro chipset de 64 bits, o Snapdragon 410. Ele não só promete bater de frente com a Apple (e o seu A7), mas também surpreende pelo seu foco: esse processador de 28 nanômetros é pensado nos dispositivos de linha média e baixa, e não para os modelos top de linha.

Essa decisão não só é considerada surpreendente, mas também pode fazer barulho em uma indústria que cada vez mais olha para os mercados emergentes, que contam com um enorme potencial para seguir crescendo. Por conta disso, os primeiros smartphones com processadores Snapdragon 410 devem custar menos de US$ 150.

Um ponto interessante do novo Snapdragon 410 é que ele não só oferecerá um processamento de 64 bits, mas também incorporará o seu próprio modem 4G LTE, algo que é um item opcional (quando não inexistente) nos modelos com preço reduzido. A estratégia da Qualcomm parece passar por oferecer a conectividade LTE em todos os seus chipsets, desde os mais modestos até os mais potentes e caros, algo que no caso do Snapdragon 410 terá incorporado no suporte aos múltiplos modos e bandas, para garantir o seu funcionamento em qualquer local do planeta

Segundo a Qualcomm, o novo Snapdragon 410 terá um desempenho a altura de um SoC de 64 bits. Obviamente, teremos que ver os primeiros testes de benchmarks, mas podemos dizer desde já que o novo processador vai incorporar uma GPU Adreno 306, que vai permitir a reprodução de vídeo a 1080p e pode trabalhar com câmeras de até 13 megapixels. Nada mal para dispositivos de entrada e/ou de linha média, certo?

De quebra, o novo Snapdragon 410 vai oferecer compatibilidade com GPS e GLONASS, NFC, Bluetooth, WiFi e suporte oficial para múltiplos sistemas operacionais, incluindo Android, Windows Phone e Firefox OS. Fica claro que a Qualcomm está dando preferência para os dispositivos com maior volume de vendas. Talvez a empresa revele mais informações sobre o chipset e sua estratégia durante a CES 2014, ou durante a Mobile World Congress 2014.

As primeiras unidades do Snapdragon 410 começam a chegar nas mãos dos fabricantes no primeiro semestre de 2014, e os primeiros smartphones com esse novo chip devem chegar ao mercado no segundo semestre de 2014.

Via Qualcomm