Eu sei que todos a essa altura estão esperando mesmo pelo evento da Apple na próxima terça-feira (23). Eu, inclusive. Porém, não dá para não lembrar a célebre frase: “tem assessorias de imprensa que querem mesmo complicar a vida de jornalistas e blogueiros de tecnologia”. E isso acontece lá fora e aqui no Brasil. Não é incomum grandes fabricantes marcarem seus eventos em datas próximas, ou no mesmo dia, em horários que tornam a presença nos dois eventos.

E no caso desse post, temos um exemplo clássico do que estamos falando. Google e Microsoft prometem colocar todo mundo para trabalhar no dia 29 de outubro, segunda-feira, para anúncios importantes para o mercado mobile. O Google deve apresentar novo smartphone, novo tablet e nova versão do seu sistema operacional, enquanto que a Microsoft vai oficialmente apresentar o Windows Phone 8. Ou seja, assuntos que são de interesse da mídia especializada e do consumidor dessa tecnologia.

Agora, eu pergunto: precisava marcar os dois eventos para o mesmo dia?

Se eu estivesse nos Estados Unidos nesta semana (sonho meu…) iria adotar a regra que adoto aqui no Brasil: vou no evento que me convidou primeiro. Nesse caso, seria o evento do Google, que marcou o seu evento para o horário das 10:00 AM (horário da Costa Leste dos EUA, 13h no horário de verão de Brasília). Nesse evento, eles devem apresentar a versão 4.2 do Android, um novo smartphone da linha Nexus e (talvez) um novo tablet Nexus, marcando assim a expansão de suas plataformas mobile.

Já a Microsoft marcou o seu evento também para as 10:00 AM… mas em San Francisco, no horário da Costa Oeste norte-americana (ou seja, três horas a menos que o horário da Costa Leste, o que resultaria em 16h no horário de verão de Brasília). Aqui, não tem mistério: o que vai ser apresentado é mesmo o Windows Phone 8 e, talvez, algum novo produto da Nokia e de outros parceiros da empresa de Redmond no projeto.

O principal motivo para estar presente no evento da Microsoft (mesmo que seja através da internet, assistindo o evento via streaming) é que a empresa promete mostrar pela primeira vez o Windows Phone 8 na íntegra, sem nenhum tipo de restrição. Ou seja, os produtos que estarão em demostração por lá serão as versões finais dos dispositivos e do software, e agora vamos ter a real impressão de como o sistema operacional móvel ficou, e se pode bater de frente com os seus principais adversários (iOS e Android).

De qualquer forma, recomendo que você acompanhe os dois eventos. Isso é, se você realmente gosta de tecnologia, e não apenas de um pedaço dela. Os dois eventos serão transmitidos por streamings oficiais das empresas envolvidas, e como você vai estar no conforto de sua casa, não tem desculpas ficar por dentro de tudo o que vai acontecer na semana que vem. E, mesmo que você não fique inteirado de tudo, vai ficar por dentro do principal aqui, no TargetHD.net.

Via