Não é fácil escolher um case. E vai demorar até vir aquele case com airbag integrado. Mesmo porque, para produtos ‘think outisde the box’, as coisas são meio caras.

E, ainda assim… o que vai acontecer quando o mecanismo desse case que presente quando o smartphone está caindo simplesmente falhar? Sem os braços que reduzem o impacto, você pode dizer adeus ao seu smartphone.

Logo, vamos olhar para o presente. Temos inúmeros cases para smartphones Android ou iOS. E… como escolher o melhor para o nosso dispositivo?

Você pode nunca ter pensado nisso, mas o case pode inclusive afetar o desempenho do smartphone, afetando na refrigeração do mesmo. Altas temperaturas podem comprometer de forma sensível nesse aspecto.

As abordagens para a escolha do melhor case são diferentes para Android e iPhone. Antes do lançamento, vários testes são feitos para garantir que o produto vai funcionar perfeitamente com aquele case em específico.

 

 

Mesmo assim, há limites. Cases de plástico são os mais populares, mas os mais prejudiciais na refrigeração do aparelho, pois é um péssimo condutor de energia térmica.

Nesse caso, capas metálicas são aquelas que mais vão ajudar a manter o seu smartphone livre do superaquecimento. Porém, não funcionam com os sistemas de recarga sem fio, além de serem cases mais caros que os produtos de plástico, borracha, TPU ou silicone.

Por outro lado, o case também pode afetar no desempenho do leitor de digitais. Cases mais caros costumam considerar esse aspecto, mas sempre teremos o fator preço como complicador adicional.

Por outro lado, o aumento do relevo dos botões pode resultar em cliques involuntários do smartphone no seu bolso. Logo, analise também o case que menos resulte nesse efeito.

 

 

O uso do case protetor no smartphone é algo que considero obrigatório, uma vez que estamos falando de um dispositivo frágil e caro. Se cai no chão, dependendo do tipo de piso, é adeus em muitos casos.

E você? Qual é o tipo de case ideal para o seu smartphone?