windows 7

O AV-Test publicou uma lista com os melhores antivírus para o Windows 7 testados em agosto de 2016, analisando as principais soluções disponíveis no mercado para os usuários domésticos do sistema operacional dominante do mercado nesse momento.

O teste analisa três fatores: capacidade de detecção, peso para o sistema e utilidade, em grupos de seis pontos, comprovado a proteção oferecida em duas fases com quase 15 mil peças de malware.

O primeiro teste é realizado em condições reais, onde as soluções de segurança devem detectar malwares do tipo 0-Day, vindos da web e de arquivos infectados. Na segunda fase, é preciso detectar um malware já conhecido. Os resultados não variaram muito daqueles registrados no começo do ano, e estão no gráfico abaixo:

 

antivirus_windows7_2

 

Bitdefender Internet Security, Kaspersky Internet Security e Trend Micro Internet Secruty foram as únicas soluções a alcançarem a pontuação máxima: 18 pontos. Avast, AVG, Avira e Panda Securty também se destacaram, com pontuação 5,5 em 6.

Também se observou uma melhora geral na carga do sistema, aspecto muito importante especialmente nos equipamentos de entrada, onde um antivírus pode penalizar e muito o seu desempenho.

Sobre o antivírus nativo da Microsoft, ele segue penalizando sua capacidade de detecção, mas obtém boas pontuações nos aspectos de utilidade e carga do sistema.

Vale a pena citar que a solução nativa do Windows 7 é o Microsoft Security Essentials, enquanto que o Windows 10 já conta com o Windows Defender, muito melhor em todos os aspectos, sendo o suficiente para um bom número de usuários se combinado com aplicativos específicos, como Malwarebytes Anti-Malware ou AdwCleaner.

Para quem precisa, estes são os melhores antivírus para Windows 7. Mas bem ou mal, a primeira linha de defesa continua a ser o senso comum e a prudência do usuário na hora de navegar na internet, manejar downloads, e-mails e redes sociais.