apple-watch-protecao

Um usuário do Apple Watch descobriu que o sistema de proteção do smartwatch da Apple simplesmente não funciona.

É possível forçar a aparição do menu de restauração se a tela for pressionada da forma correta. Ou seja, em caso de perda ou roubo, é possível apagar todos os dados, restaurando ao modo de fábrica, caso o produto esteja conectado ao carregador, algo necessário para a formatação.

Restaurar um Apple Watch sem a sua permissão é fácil!

Quando tiramos o relógio do pulso, nos é solicitado um código PIN para o desbloqueio. Uma medida bem lógica, mas mal implementada pela Apple, já que com um simples gesto podemos abrir o menu para reiniciar o Apple Watch e configurá-lo de novo, emparelhando com um novo iPhone.

A falha é crítica, já que permite que qualquer pessoa que encontre ou roube uma unidade do relógio possa utilizá-lo. Esperamos que a Apple se apresse em lançar uma correção par ao problema. O vídeo no final do post mostra como não é difícil fazer com que o menu de restauração apareça na tela.

Comparando com outras plataformas (como o Android Wear), é preciso reconhecer que a Apple ainda tem um sistema de segurança mais bem pensado. Se queremos um nível de segurança parecido em um smartwach com o sistema do Google, temos que instalar um aplicativo adicional para que se ative um sistema de proteção, que por sua vez bloqueia o dispositivo com um PIN quando o mesmo não está emparelhado via Bluetooth.

Vídeo a seguir.