A Copa do Mundo FIFA 2014, que acontece no Brasil, está se aproximando rapidamente, e com a perspectiva de repercussão do evento ao redor do planeta, as possibildiades de crimes virtuais envolvendo o evento são grandes. Uma prova disso é que a imagem do melhor jogador de futebol do mundo, Lionel Messi, já é usada como isca para fisgar fãs de futebol e usuários de internet desprevenidos.

Os criminosos virtuais estão criando sites com a imagem do jogador do Barcelona e da seleção da Argentina como chamariz, pedindo aos usuários para registrar um login e senha no site. Com isso, o internauta supostamente teria acesso às redes sociais do jogador. Além de isso não ser possível (e, honestamente, é muito ingênua a pessoa que cai nesse tipo de oferta), o internauta acaba sendo vítima de fraudadores que usam do pishing para roubar informações do usuário, com o objetivo de obter ganhos financeiros diversos.

Segundo dados do Norton Cybercrime Report, realizado durante o mês de julho deste ano, o crime cibernético movimentou mais de R$ 16 bilhões no Brasil e afetou mais de 28 milhões de brasileiros, nos últimos 12 meses. Em média, para se livrar de uma ameaça virtual, que vai desde roubo de informações bancárias, senha de e-mails, furto de identidade em mídias.

A Norton oferece algumas dicas para que o internauta não seja pego por armadilhas na web e preserve sua identidade, inclusive nas redes sociais:

·         Não clique em links suspeitos em mensagens de e-mail;
·         Evite fornecer informações pessoais ao responder um e-mail;
·         Nunca digite informações pessoais em uma página pop-up;
·         Ao inserir dados pessoais ou financeiros, certifique-se que o site é criptografado ou apresenta o ‘https’ na barra de endereços.
·         Em sua rede social, não aceite convites para ser amigo ou seguidor de pessoas desconhecidas;
·         Nunca digite uma senha mais de duas vezes quando for acessar sua página da rede social

Via Assessoria de Imprensa