Project Treble

 

A Google quer tentar remediar o problema da fragmentação do Android com o Project Treble.

Hoje, para quem tem um smartphone que não seja um Pixel ou um Nexus, o ciclo de atualização é longo e penoso: a nova versão é lançada, enviada para os fabricantes de componentes que fazem as mudanças pertinentes, para depois chegar nos fabricantes de dispositivos que adicionam elementos e capaz personalizadas, para depois ainda seguirem para as operadoras, que finalmente liberam a versão final para o consumidor.

 

 

O Project Treble não é uma solução definitiva, mas pode ajudar e muito. A ideia é separar o framework do Android do bloco de código que implementam os fabricantes de SoCs.

Com isso, a dependência do código de fabricantes de SoCs nas atualizações diminui, já que estes vão se limitar a garantir a compatibilidade adequada, permitindo assim o salto para a segunda fase que vemos na primeira imagem.

 

 

A ideia pode ajudar a acelerar o lançamento de atualizações, mas só vai funcionar a partir do Android O, além da implementação das personalizações ainda ficarem por conta dos fabricantes, o que deixará o processo ainda lento, de forma relativa.

Por outro lado, todo ganho é ganho para combater o problema da fragmentação.

 

Via GSMArena