project-tango-qualcomm

A novidade mais relevante do Google I/O 2015 sobre o Project Tango foi o anúncio da parceria com a Qualcomm. Antes o projeto era de responsabilidade da NVIDIA com a ajuda da LG, mas agora o conceito volta às suas origens, em um formato de smartphone (o formato tablet foi idealizado pela LG).

O Project Tango pretende registrar mapas em 3D com uma configuração especial de câmeras, com a ajuda dos sensores de movimento. A maior parte do trabalho está no software do Google, que começou o seu desenvolvimento no ATAP, e agora é um projeto livre.

A influência da Qualcomm no Project Tango é que o mesmo pode ser a casa do processador Snapdragon 810. O Google considera o hardware interessante para gerenciar a quantidade de informação que as câmeras do Project Tango vai registrar.

O mais interessante que encontramos no novo dispositivo para desenvolvedores é que agora ele tem um formato de smartphone. Desse modo, o Project Tango é mais simples de ser usado, além de todo o sistema de câmeras se integrar em um dispositivo menor.

Provavelmente a nova ferramenta de desenvolvimento não vai eliminar o tablet da LG, mas a queda de preço que o dispositivo recebeu nas últimas semanas dá a entender que eles querem eliminar as últimas unidades disponíveis.

 

Via Qualcomm