A Microsoft tentou resolver a carência de aplicativos no Windows Mobile com a emulação de aplicativos Android, através do Project Astoria. A iniciativa teve uma fase inicial muito promissora, mas depois perdeu fôlego.

Ficando no limbo esse tempo todo, o Astoria esperava pelo golpe de misericórdia, que veio pelas mãos de Brandon LeBlanc, programador sênior na Microsoft e membro do Windows Insider, que respondeu que a empresa não vai avançar no desenvolvimento da emulação de aplicativos Android para Windows 10 Mobile.

Aqui, surpresa zero. O Windows 10 Mobile não é mais uma prioridade para a Microsoft, e o fim do suporte oficial já está anunciado para 2020.

Porém, é inevitável a dúvida: se o Project Astoria e a emulação do Android chegassem ao Windows 10 Mobile… o cenário atual seria diferente?

É difícil obter uma resposta absoluta, mas muito provavelmente não faria uma grande diferença, já que o que define um sistema operacional são seus aplicativos próprios.

E, no final das contas, se era pra viver de emulação, seria melhor comprar um smartphone Android logo de cara.

 

Via @BrandonLeBlanc