lenovo-project-tango

Alguns dos anúncios mais importantes da CES 2016 aconteceram no último dia do evento. Depois da Lenovo anunciar a morte da marca Motorola, Google anuncia uma parceria especial com a própria Lenovo, que vai oferecer ao mundo o primeiro smartphone com a tecnologia Project Tango, que chega ao mercado em 2016.

O Project Tango tem quase dois anos de vida, e ao longo desse tempo teve os seus altos e baixos. Todos esperavam que a LG fosse a escolhida para essa missão, mas com o anúncio de hoje, sabemos que a Lenovo vai lançar ao longo do verão norte-americano desse ano um smartphone dentro desse projeto, mas sem revelar a sua aparência final ou características técnicas.

O pouco que foi exibido foram as imagens de um protótipo e pequenas pistas, como por exemplo a informação da Qualcomm ser a encarregada do processador, a presença de uma tela de 6.5 polegadas e três sensores fotográficos: um RGB com lente Fish Eye e dois sensores para capturar a profundidade.

Quando a Google apresentou o Project Tango, a ideia principal era capturar espaços para mapeamento em três dimensões, tal como faria o olho humano. Desse modo, o dispositivo era capaz de perceber a profundidade, as dimensões e a área geral de qualquer local.

No anúncio de hoje, a Google apresentou novos aplicativos vindos dos desenvolvedores que tiveram acesso ao primeiro SDK do Project Tango a alguns meses. Assim, o projeto evoluiu, não apenas mapeando espaços, mas também com jogos, mascotes virtuais e apps de ferramentas e serviços que medem espaços em tempo real, com a ajuda da realidade aumentada.

A Google informa que, para o lançamento desse smartphone da Lenovo, já estará disponível uma quantidade considerável de funções, por conta desses novos aplicativos e da criatividade dos desenvolvedores.

Via Google, Business Wire