650_1000_rick-osterloh-2

Rick Osterloh, presidente da Motorola, decidiu responder as críticas feitas por Jony Ive no The New Yorker, afirmando que o usuário final deveria estar envolvido de alguma forma no processo do design de alguns produtos. E cutucou a Apple, falando dos seus preços abusivos.

Na ocasião, Ive, responsável pelo design de hardware e software da Apple, criticou o serviço Moto Maker da Motorola, afirmando que quando as decisões de design ficam com o usuário “a empresa abdica a sua responsabilidade como desenvolvedor do produto”.

A resposta de Osterloh:

O que vemos é uma dicotomia nesse mercado onde empresas como a Apple quer ganhar esse dinheiro todo, cobrando preços escandalosos. Não acreditamos que esse seja o futuro. Acreditamos que o futuro está em oferecer experiências similares e uma grande capacidade de escolha para o usuário a preços acessíveis.

Osterloh argumenta que um dos grandes problemas do segmento de mobilidade é, ao mesmo tempo, a grande oportunidade para os fabricantes: “a de criar dispositivos realmente bons e baratos, para as pessoas que não querem gastar muito dinheiro”.

A visão de Osterloh é claramente pensada nos modelos de entrada, que despertam especial interesse nos países emergentes, mas é fato que a filosofia da Apple funciona muito bem para seus propósitos. De fato, o setor de mobilidade está cada vez mais polarizado: o segmento de linha média virou uma ‘terra de ninguém’, enquanto que nos modelos de entrada as margens obrigam grandes volumes de vendas, e no segmento top de linha… só os fortes sobrevivem…

Não é mesmo, Sony?

Via 9to5Google