A NASA pretende fazer com que as pessoas voltem a sonhar com transportes aéreos pessoais, como se fazia nos anos 70. Como se desenvolver um produto desses fosse algo tão fácil assim.

Este que você vê na foto tem, pelo menos, boas chances de chegar no estágio de protótipo, uma vez que ele foi pensado originalmente como veículo de infiltração. E nesse caso, o dinheiro vem do Exército dos Estados Unidos. No lugar de motores alimentados por combustível, o Puffin utilizaria duas hélices elétricas e baterias recarregáveis de fosfato de lítio para transportar seu único passageiro. O peso acumulado deve ser de algo em torno de 180 kg, e não é o único ponto forte do projeto: o funcionamento elétrico proporcionaria em um produto relativamente silencioso, e a sua ausência de motores térmicos faz com que o Puffin tenha uma altura máxima.

Seus desenvolvedores afirmam que ele poderia superar os 480 Km/h, mas se for construído com a tecnologia atual, só chegaria a 80 km/h, sendo ampliáveis para 240 ou 320 para o ano de 2017. Muito antes disso, em março, os responsáveis do projeto esperam ter um modelo em escala 1/3 para ajustar seus detalhes técnicos.

Fonte