Muita gente prefere guardar seus gadgets. Ou até mesmo alguma parte deles. Vendê-los não é uma opção, muito menos jogá-los no lixo. Sabe, aquela velha câmera fotográfica, aquele iPod que morreu depois de uma queda, celulares, palms, smartphones… Bom, o fato curioso disso é que este hábito pode evoluir, até o ponto em que você possa ter a necessidade de procurar pela internet, com amigos e até mesmo com assistência técnica especializada os itens para ampliar a sua coleção.

Acontece que, o que aconteceu com este jovem rapaz russo, é que ele gostava tanto de guardar processadores, mas tanto, que além de vermos os pequenos pedacinhos de silício que vimos na foto acima, extiem outros tantos que completam uma imensa coleção de processadores. Com certeza, este é um dos caras que compram um Mac Pro apenas para ficar com o processador, como se fosse um Kinder Ovo, ou um simples anel. Bom, tem gosto pra tudo, não é mesmo?

Fonte