A Positivo Informática, anuncia hoje os dados preliminares e não auditados de volume e receitas referentes ao quarto trimestre (4T10) e ao ano de 2010. A empresa adianta a divulgação do seu top line, porém os dados divulgados hoje ainda podem sofrer alterações. A companhia registrou volume de 1,980 milhão de computadores vendidos em 2010, crescimento de 11,3% em relação a 2009, o que corresponde ao maior volume de vendas da história da companhia. Este volume anual recorde é também o maior já registrado no mercado nacional de computadores.

Mesmo em um cenário de concorrência acirrada, no 4T10, as vendas totalizaram 553 mil PCs, o que representa um crescimento de 14,2% em relação ao quarto trimestre de 2009 (4T09), impulsionado pelo aumento de 36,6% nas vendas de notebooks. A participação dos notebooks no mix total representou mais da metade das vendas da companhia, registrando 52,2% no 4T10. Esse crescimento da participação de notebooks no trimestre foi resultado do bom desempenho das vendas no mercado de varejo.

Mercados

A companhia vendeu 453,4 mil computadores no mercado de varejo no 4T10, o que representou o maior volume trimestral já registrado neste segmento e corresponde a crescimentos de 5,3% e 25,5% em relação ao 4T09 e 3T10, respectivamente. Para os próximos períodos, as perspectivas para o mercado são bastante promissoras. Segundo a última projeção realizada pelo IDC, em 2011, o mercado de varejo brasileiro deverá registrar um crescimento de 15,2% em relação a 2010, e a taxa de crescimento anual composta projetada de 2011 a 2014 será de 13,6%. Tais projeções vão ao encontro da perspectiva de que o mercado de varejo será o motor do crescimento do mercado brasileiro de PCs nos próximos anos, um segmento no qual a Positivo Informática é líder absoluta há seis anos consecutivos e que representa seu maior volume de vendas.

Ao longo de 2010, a Positivo Informática entregou 452,4 mil computadores para clientes de governo, um crescimento de 79,8% em relação a 2009. Mesmo com a concentração de entregas dos grandes projetos nos primeiros nove meses do ano, o 4T10 apresentou aumento de 90,1% em relação ao 4T09.

O destaque em crescimento no 4T10 foi registrado no mercado corporativo. Foram vendidos 28,3 mil PCs nesse trimestre, crescimento de 70,8% e de 73,5% em relação ao 3T10 e ao 4T09, respectivamente. A retomada dos investimentos das grandes empresas, aliada às iniciativas da companhia para capturar as oportunidades do mercado, traz boas perspectivas para o canal corporativo em 2011.

Receitas

Em 2010, a receita bruta totalizou R$ 2,7 bilhões, crescimento de 6,4% em relação a 2009. No 4T10, a receita bruta totalizou R$ 678,9 milhões. Já areceita líquida foi de R$ 2,3 bilhões em 2010, 7,1% maior do que no ano anterior. No último trimestre, a receita líquida foi de R$ 590,1 milhões.

A íntegra dos resultados do 4T10 será divulgada no dia 01 de março, após o fechamento do mercado.


via assessoria de imprensa