Para evitar o problema de vídeos duplicados e mal taggeados, o PornHub vai começar a utilizar um sistema de inteligência artificial para catalogar o seu acervo.

O sistema do PornHub vai revisar cada quadro de vídeo em seu catálogo para identificar diversos valores na cena, catalogando corretamente o vídeo.

A ferramenta utiliza de aprendizagem automática, e pode identificar a modelo, a cena, a posição e outros atributos físicos como cor de pele, tamanho dos seios, cor e tamanho do cabelo, entre outros. Também identifica vídeos repetidos ou cenas que fazem parte de um vídeo já publicado, eliminando as repetições.

 

 

Até agora, meio milhão de vídeos já foram analisados para criar uma base de dados, e todo o catálogo estará revisado até o começo de 2018. O sistema só vai funcionar com modelos profissionais.

O PornHub informa que vai contar com a ajuda dos usuários para determinar se os resultados estão corretos. Os visitantes poderão votar nas respostas automáticas para treinar o novo sistema.

E cada vez mais eu me convenço que o futuro da tecnologia está na pornografia.

 

Via Engadget