latência

Os computadores evoluíram muito em quatro décadas, ou que resultou em efeitos positivos e negativos. O principal impacto negativo foi a latência que os equipamentos atuais apresentam.

O tema da latência é uma questão de percepção pessoal, e é difícil demonstrar isso como uma evolução negativa. Dan Luu, engenheiro da Microsoft, publicou um artigo investigativo em seu blog pessoal, analisando o tempo de resposta em equipamentos de diferentes gerações, oferecendo assim números concretos.

 

la latencia - Por que um PC atual tem latência maior que um PC da década de 1980?

 

Na primeira tabela, vemos um comparativo de latência entre o Apple 2e (1983), que registra 30 ms de latência, e que fica na primeira posição, mesmo com um processador de 1 MHz, contra o Powerspec g405 (2017), que fica na penúltima posição, com latência de 200 ms, apesar de ter um potente processador Core i7-7700K a 4.2 GHz.

Ou seja, os tempos de resposta dos equipamentos atuais é mais lento que os computadores do passado.

O estudo também avalia os tempos de resposta de diferentes dispositivos móveis (gráfico abaixo), mas em linhas gerais, o grande culpado por essa diferença de latências é a maior complexidade dos equipamentos atuais.

 

latencia móvil - Por que um PC atual tem latência maior que um PC da década de 1980?

 

Isso não se refere apenas ao software, mas também ao hardware, o que é algo normal. Temos que levar em consideração que as configurações de um PC hoje são muito maiores que as dos equipamentos do passado.

 

Via Dan Luu