Para começar, um bom motivo seria evitar acessórios como esse, onde você é obrigado a levar dois produtos (um no bolso e outro na mochila).

Vivemos durante cinco anos com o iPhone em suas diferentes versões entregando uma tela de 3.5 polegadas. E acreditávamos que éramos felizes com isso. Aí vieram os smarphones com telas de 3.7, 4, 4.27, 4.3, 4.5, 4.8, 5 e até 5.3 polegadas, e percebemos que o nosso iPhone virou um verdadeiro brinquedinho de criança em relação aos monstros tecnológicos que os concorrentes lançavam. E, principalmente para vídeos e games, as telas maiores apresentavam uma grande vantagem.

Nos últimos meses, ouvimos por muitas vezes que o novo iPhone a ser apresentado em setembro terá uma tela maior. Os últimos rumores sobre o assunto não só sugerem que isso é real, mas o próprio iOS 6 vai suportar uma resolução maior (640 x 1.136, contra as 640 x 960 do iPhone atual). E acredite, 176 pixels a mais ajudam, e muito.

Tudo bem, muita gente vai argumentar que a tela do iPhone não precisa mudar de tamanho, por causa de uma resolução mais ajustada. Ok. Mas… vamos ver pelo outro lado da moeda. Vamos ver todas as possibilidades que uma tela maior poderia oferecer para o smartphone da Apple. Temos aqui pelo menos dois argumentos muito bons para que o novo iPhone receba uma tela com dimensões mais generosas.

São pontos que devem ser considerados antes de simplesmente dizer “não deve mudar o que é perfeito” (mesmo porque você sabe muito bem que não é).

Vídeos em HD

A tela do atual iPhone segue o padrão 4:3, assim como o iPad. Mas, no caso do tablet, faz sentido por causa dos e-books, PDFs e revistas digitais exibidas no produto, que ficam melhor em uma exibição padrão 4:3. Mas no iPhone, isso não faz muito sentido. Hoje, o padrão de vídeos é o formato 16:9, principalmente os vídeos em HD. A maioria dos smartphones Android já estão com suas telas com tal aspecto, e o resultado de exibição de vídeos é excelente. Até a câmera de vídeo do iPhone 4/4S grava em alta resolução, então, por que insistir no em um formato de tela ultrapassado?

Com uma tela maior, as letterboxes (ou barras horizontais) seriam menores, tanto para os vídeos gravados nos smartphones quanto na maioria dos vídeos online e programas de TV. É óbvio que os programas antigos não estão no formato 16:9, e alguns filmes já se apresentam no padrão 21:9, mas os dois grupos citados são a minoria.

Só para comparar a diferença, veja abaixo a tela de um iPhone e de um smartphone Android qualquer, do mesmo vídeo, no mesmo frame.

Resumindo: Android = imagem com tela cheia. iPhone = letterboxes. Isso precisa acabar.

Os games e seus botões virtuais

Lembra da foto da geringonça no começo do post? Pois bem, vamos voltar a falar disso.

Este é outro (grande) motivo para uma tela maior no iPhone. Uma tela maior é muito bem vinda para os games, e como o iPhone se transformou em uma importante plataforma de jogos (dizem que ela será a principal plataforma de jogos mobile até o final de 2012), a Apple deveria pensar nisso de forma séria. E, pense comigo: já não é algo tão agradável jogar sem botões físicos, jogando direto na tela (principalmente para os gamers mais velhos e tradicionais, como eu), imagine então ter que fazer isso em uma tela minúscula. Os polegares ficam procurando o botão sem sentido, marcando toda a tela. E até mesmo para quem gosta de games nas telas sensíveis ao toque, o jogo pode se tornar melhor com uma tela maior. Quem tem o Galaxy S II sabe do que estou falando.

Mas aí, como o iPhone tem uma telinha de apenas 3.5 polegadas, somos obrigados a comprar bugigangas como o iCade abaixo.

O que você acha de ter os botões de jogos deslocados nas duas laterais (na orientação horizontal) ou na parte inferior da tela (na orientação vertical)? Alugns jogos poderiam muito bem utilizar desse expedientes, voltando a ação do jogo para o centro da tela. O iOS 6 insinua que isso pode acontecer, tanto que na última beta do SO lançada (Beta 4), ele já mostra cinco linhas de aplicativos. Ou seja, se pode ter mais ícones na tela, nada impede de um espaço dedicado para os botões virtuais, e não só para jogos, mas para todos os tipos de aplicativos.

Os ícones de aplicativos medem 114 pixels na Retina Display, mas muitos botões virtuais são menores que isso. Com os 176 pixels a mais de altura (e 88 pixels a mais de largura, se considerarmos que a tela do novo iPhone deve alcançar as 4 polegadas), você poderia adicionar, sem maiores problemas, um ou dois botões virtuais na orientação vertical, e ainda assim sobraria espaço para a exibição dos jogos e de outros aplicativos.

E isso, porque nem citei o fato de um teclado virtual maior, tanto para redação de mensagens nas redes sociais quanto para digitação de mensagens SMS. Particularmente, isso seria muito bem vindo. Meus gordos polegares agradecem!

São apenas dois exemplos. Acho que todo mundo vai sair ganhando com essa. A Apple, que vai ter um motivo forte para que os usuários antigos do iPhone comprem o novo modelo, e os usuários, que vão ter mais espaço em tela para aproveitar do entretenimento e produtividade que o iPhone pode oferecer. Se isso vai acontecer ou não, só saberemos em setembro (e olhe lá). Mas que seria uma boa, isso seria.

Baseado no post da CNET