nexus6-topo

O Nexus 6 foi um smartphone top de linha, muito diferente do que vimos até agora dentro da sua família de produtos. Pelas especificações e principalmente pelo preço, acabou com a tradição de excelente relação custo/benefício dos modelos anteriores. Agora, estamos esperando para ver o que o Google e seus parceiros vão oferecer na próxima versão desse dispositivo.

O seu sucessor – que não deve se chamar Nexus 7 – deve ser fabricado pela Huawei. Mais detalhes sobre o produto aparecera, indicando uma redução de tela – que seria de 5.7 polegadas – e a presença do processador Qualcomm Snapdragon 810.

Pan Jiutang, analista chinês que tem ‘boas conexões’ com os fabricantes e seus planos, explica que a escolha do processador é algo interessante, já que havia se argumentado que um dos motivos que o Google escolheu a Huawei como parceira (e isso ainda não é oficial, que fique bem claro) era que poderia integrar um dos seus processadores Kirin no dispositivo.

O uso da diagonal também parece interessante, já que o CEO da divisão de produtos de consumo da Huawei já declarou a algum tempo que as resoluções QHD (2560 x 1440 pixels) ‘eram uma estupidez’.

Pode ser que o Google apenas queira aproveitar a Huawei como sócio tecnológico por seus recursos, mas no final foi a gigante de Mountain View que decidiu as especificações do dispositivo. Isso resultaria estranho, levando em conta que no seu último lançamento top de linha (Huawei P8) esse fabricante enfatizou suas apostas nos seus próprios processadores e na tela com resolução 1080p.

Normalmente o Google colaborou com os fabricantes dos modelos Nexus, com dispositivos que eram ‘pareados’ com os modelos top de linha desses mesmos fabricantes. Aconteceu isso com o Nexus 4 (LG Optimus G) e com o Nexus 5 (LG G2), e isso poderia se repetir com um suposto ‘Nexus 7′ (de novo: o nome do novo modelo não deve ser esse). Mas também é fato que o Nexus 6 fabricado pela Motorola seria uma versão ‘max’ do Moto X, o que reforça essa tradição e contrasta com os últimos rumores.

Vamos aguardar.

Via Droid Life