homens-e-mulheres

Dizer que normalmente as mulheres vivem mais que os homens não é nenhuma novidade. É fato. E com exemplos impressionantes, como o de Jeanne Louise Calment, que viveu 122 anos (entre 1875 e 1997).

Porém, poucos explicam por que isso acontece. Muito além dos hábitos de vida mais saudáveis – que obviamente influenciam e muito -, um estudo realizado por Ben Dulken e Anne Brunet, pesquisadores da Universidade de Stanford, indica que os hormônios masculino e feminino – testosterona e estrógeno, respectivamente – influenciam e muito nesse aspecto.

Ao que parece, o estrógeno favorece a capacidade do corpo feminino de se auto reparar de forma geral, algo que foi possível comprovar em experimentos com ratos de laboratório que receberam doses de hormônio feminino. Esses ratos conseguiram viver por mais tempo. Outro exemplo que sustenta essa teoria está no fato dos eunucos viverem até 14 anos a mais que os homens normais, justamente pela ausência dos testículos, principal fonte produtora de testosterona.

A evidência parece clara, mas os pesquisadores ainda não encontraram provas definitivas e irrefutáveis que os estrógenos são os responsáveis pela maior parte do trabalho feito pelas células-mãe no organismo, permitindo assim uma vida mais prolongada das mulheres.

Via Softpedia