Todos os usuários e fãs de dispositivos móveis com o sistema Android estão falando dos novos dispositivos apresentados nessa semana (Nexus 4, Nexus 7 e Nexus 10), mas também falam do lançamento do Android 4.2 Jelly Bean, a nova versão do sistema operacional do Google. Porém, um detalhe é muito questionado pelas redes sociais e entre os próprios usuários…

Por que a interface no novo Android 4.2 tem a mesma aparência tanto nos smartphones como nos tablets?

Para responder essa pergunta, Matías Duarte foi até o seu perfil no Google+, e deu os respectivos esclarecimentos. Mas, antes que você pergunte, Matías é um dos responsáveis pela experiência de usuário no sistema Android. Sua função é uma das mais importantes dentro da estrutura do sistema operacional móvel, uma vez que fica por conta dele desenvolver e melhorar a forma como os usuários interagem com os dispositivos. Ou seja, se o Android é fácil ou difícil em seu uso, a responsabilidade é dele. E essa responsabilidade é grande, em se tratando do competitivo mundo mobile.

Matías afirma que a consistência e a usabilidade do Android é algo fundamental para o Gogole, e que eles se dedicam a melhorar esses elementos a cada nova versão. Com a chegada do Honeycomb, eles introduziram uma interface de navegação com botões diretamente localizados na tela, inspirando assim que essa interface fosse integrada nos smartphones, a partir do Galaxy Nexus, o que fez com que o sistema ganhasse em flexibilidade.

Duarte segue afirmando que os dispositivos com grandes telas são a tendência no mundo de mobilidade, e por causa disso, eles se focam também em detalhes como as horas que o usuário vai ficar na frente do smartphone, um agarre correto para smartphoens ou tablets, o posicionamento da barra de navegação sempre no mesmo lugar, e que essas coisas acabam sendo determinantes para que a experiência do Android seja universal em dispositivos diferentes.

Além disso, Matías menciona que outra das razões para um padrão de interface nos dispositivos Nexus (que possui o Android em estado puro) é que a unificação do design oferece vantagens como a fácil transição de um tablet para o smartphone e vice-versa, e a barra de notificações ou menus de ajustes sempre estar onde o usuário está.

Via