Android-vs-Apple-650x366.jpg

A Apple publicou uma oferta de emprego que chama a atenção, pelos simples fato de procurarem engenheiros do Android. Mas… afinal de contas… pra que?

A Apple vende iPhones para milhões, e sua relevância é cada vez maior porque a venda de smartphones é (supostamente) 60% de todo o volume de vendas da empresa, e mais ainda nos lucros. Não há outra empresa que sequer se aproxima dessa rentabilidade, nem na venda do hardware, nem nos aplicativos e serviços.

Porém, o Android tem um mercado mundial acima dos 70%, e parece que a Apple também quer aproveitar isso. Uma mudança de estratégia desde que Steve Jobs afirmou que estava disposto a ‘iniciar uma guerra termonuclear contra o Android’.

Um trecho da oferta de emprego dá algumas pistas sobre o assunto:

“Imagine o que você poderia fazer aqui. Na Apple, as grandes ideias se transformam em produtos, serviços e experiências dos clientes com muita velocidade. Traga a paixão e a dedicação ao seu trabalho, e quem sabe o que você pode conquistar aqui. Estamos buscando engenheiros que nos ajudem a trazer novos produtos para a plataforma Android”.

Simples e claro. A estratégia da Apple é similar ao que a Microsoft adota hoje, lançando aplicativos e serviços para o Android com acordos (inclusive) com a Samsung. Os objetivos aqui são diversos: obter lucros adicionais, explorar o mercado consolidado do Google e atrair novos usuários para a sua plataforma, mostrando os seus melhores aplicativos.

 

O que pode oferecer a Apple para os usuários do Android?

A primeira coisa que vem à mente é o Apple Music, onde a Apple tem como concorrente o Spotify no segmento de serviços de música por streaming. Sua estreia foi limitada, mas certamente o serviço vai alcançar marcas mais elevadas com a ajuda dos usuários Android. O serviço de armazenamento na nuvem iCloud pode ser outro dos portados.

A suíte iWork não é tão poderosa quanto o Microsoft Office, mas no universo mobile isso não é importante, e pode ser outro aplicativo a fazer barulho nos tablets e smartphones Android. O Safari é pouco provável que apareça, já que temos um excesso de ofertas de navegadores, e uma boa parde dos usuários do iOS e OS X já recorrem hoje ao Chrome e outras alternativas.

Como funcionarão esses aplicativos fora do iOS é uma incógnita, mas tudo indica que a Apple está a caminho de lançar aplicativos e serviços para o Android. Era impossível conceber isso até pouco tempo atrás, mas é uma estratégia a seguir para seguir crescendo no mundo mobile.

Via Apple