pokemon-go-brasil

Depois de algumas semanas de espera, a Niantic lançou hoje (3) no Brasil o game Pokémon GO.

Antes mesmo de chegar ao país (e mesmo sem funcionar em nosso território), Pokémon GO já estava instalado em 2% dos smartphones Android dos brasileiros. O jogo, que é resultado de uma parceria da Niantic Labs e da Pokémon Company (esta última uma empresa da Nintendo) é um fenômeno global. O jogo é mais usado que o Twitter, Instagram e Tinder, e consegue ter mais engajamento que o Facebook nos Estados Unidos.

 

Instabilidades, grana, frenesi… fim da sua vida!

O lançamento no Brasil foi marcado por problemas nos servidores e até um protesto por hackers pelo atraso no lançamento. Além do Brasil, outros 30 países (a maioria na Europa) receberam o jogo. O mesmo atraso aconteceu no lançamento do jogo no Japão, e pelo mesmo motivo: os servidores não iam aguentar a demanda.

Pokémon GO faz uso da realidade aumentada para que os jogadores saiam de casa para caçar pokémons. É possível obter também conquistas e realizar desafios. O jogo não aceita o uso de um VPN ou de apps que forjam a localização do usuário, e quem tentar fazer isso pode ser banido do jogo. Ah, e vale lembrar que o game consome uma enorme quantidade de bateria do smartphone. Também é importante reforçar que, apesar de já funcionar no Brasil, o aplicativo do jogo  não esta disponível nas lojas do Android e iOS, mas é possível baixar o seu APK nesse link.