xsony-playstation-4-00.jpg.pagespeed.ic.euwc3_6YOg

A conferência da Sony na E3 2013 ainda não terminou, mas uma importante notícia acaba de ser anunciada. O PlayStation 4 vai permitir a execução de jogos usados, sem maiores problemas, além de não exigir a conexão à internet para que os jogos rodem, ou para que o console funciona como um todo.

Na prática, o que vai acontecer: quem comprar um jogo do PS4, pode emprestar, revender, trocar, alugar e repassar esse mesmo jogo de forma livre, sem nenhum tipo de autenticação ou entrave eletrônico. Um jogo rodado em um PS4 pode simplesmente rodar em outro console PS4, sem maiores problemas.

Outro detalhe importante é o fato do console não ser obrigado a se conectar à internet para rodar os títulos. Se o usuário quiser adquirir um console para que o mesmo fique 100% online, ele pode. O PS4 não vai exigir uma conexão para liberar os jogos, ou para autenticar o usuário em nenhuma espécie para uma experiência de jogo offline.

Essas medidas são respostas claras à Microsoft e ao Xbox One, que exige uma conectividade à web para se manter em funcionamento (uma conexão a cada 24 horas, que é feita de forma autônoma pela Microsoft). Além disso, o processo de empréstimo e revenda de jogos usados do Xbox One requer uma série de regras que podem ser um estorvo para o gamer que simplesmente não quer mais rodar um título, e apenas quer repassá-lo par alguém.

Esses dois fatores podem ser diferenciais decisivos para que o console da Sony prevaleça na nova geração de consoles. Vamos ficar de olho. Muita água vai rolar debaixo dessa ponte, com uma nova guerra aberta no mercado de videogames.

Mas para quem ainda não entendeu como tudo isso funciona, a Sony preparou um vídeo tutorial, explicando em detalhes como você pode emprestar o seu jogo do PS4 para um amigo. Veja com atenção!