Segundo o Minstro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, o Plano Nacional de Banda Larga deve ser anunciado em abril, junto com o PAC-2 (Programa de Aceleração do Crescimento). Segundo Paulo, o plano ainda não consta no PAC-2 porque o presidente Lula, por questões de agenda, ainda não se reuniu com os ministérios envolvidos para aprovar seu conteúdo. Paulo Bernardo ainda disse que o uso da rede da Telebrás para implantar o programa “é apenas um detalhe”, minimizando a recente polêmica criada pela utilização da finada rede.

Fonte