tesla piloto automático

O piloto automático de um carro Tesla Model X salvou a vida de um motorista que sofreu um infarto pulmonar enquanto dirigia o veículo.

O piloto automático da Tesla sofreu duras críticas depois de um recente acidente mortal, onde muitos veículos não quiseram (ou não souberam) interpretar corretamente o incidente, já que o mesmo se produziu por uma negligência clara do motorista, que assistia a um DVD sem prestar atenção na estrada.

 

Como a Tesla salvou uma vida

De forma repentina, o motorista começou a sentir dores que cresciam em intensidade, que se estenderam do abdômen até o peito. Felizmente, o condutor conseguiu reagir a tempo, ativando o piloto automático do carro, que o conduziu por 32 quilômetros até a saída mais próxima, o conduzindo para um hospital.

Ainda que o motorista tivesse que assumir a direção no trecho final e estacionar o carro (o sistema da Tesla só funciona em estradas), a tecnologia aqui foi fundamental para que ele pudesse ser tratado rapidamente. Ou seja, o sistema de piloto automático não só salvou a vida, mas também garantiu um diagnóstico favorável ao motorista, que pode voltar para casa à noite.

Moral da história: a tecnologia da Tesla é capaz de salvar vidas, mesmo não estando madura o suficiente para funcionar com 100% de suas possibilidades.

Via TweakTown