philips-health-watch

Durante a IFA 2016 Global Press Conference em Hong Kong, a Philips anunciou que a sua grande aposta no setor de saúde, o smartwatch Philips Health Watch, será lançado em setembro.

O produto faz parte de um novo projeto de comercialização que inclui vários equipamentos destinados a monitorar a saúde e o bem estar do usuário, entre os quais se encontram o Health Watch, um relógio inteligente que será o link para várias dessas quantificações. O wearable deve receber um preço sugerido de 250 euros, em um dispositivo com design simples, leve e resistente à água, com tela circular do tipo E-Ink, autonomia de bateria de até quatro dias, acelerômetro e sensor ótico de ritmo cardíaco com tecnologia proprietária da Philips.

20891512288_59aa3fb824_z

O wearable é capaz de monitorar nosso sono e atividades (passos, calorias queimadas, distâncias percorridas, etc), ficando permanentemente conectado com o aplicativo Philips HeathSuite Health, para dessa forma fazer um registro contínuo dos dados, e até emitindo conselhos nutricionais e de estilo de vida, com o objetivo de mudar aqueles hábitos menos saudáveis.

250 euros pode ser um preço elevado para um relógio que não oferece nada de especial em relação aos concorrentes, mas a Philips espera que esse preço se justifique, uma vez que o wearable obtenha a sua certificação médica, que vai permitir o recolhimento de dados como informações válidas para médicos e hospitais, servindo de apoio para o tratamento e supervisão de qualquer paciente.

É preciso ver se os usuários estão dispostos a investir tanto no lugar de apostar no smartwatch mais popular do momento.

Via Pocket-lint