Antes do iPhone 5 ser lançado de forma oficial, diversas fotos dos seus componentes foram publicadas, e muitas delas insinuavam a presença de um chip NFC no novo smartphone. Com o anúncio do telefone, descobrimos que isso não se confirmou, mesmo com muitos usuários acreditando que o NFC poderia ser muito útil ao produto, principalmente com a presença do Passbook no iOS 6. Mas existe uma explicação para isso, e foi o próprio Phil Schiller que resolveu se pronunciar sobre o assunto.

Em entrevista para o site AllThingsD, Schiller disse que “o Passbook possui a maioria dos elementos que os consumidores necessitam hoje para realizar os seus pagamentos”, e não precisa de um hardware adicional para funcionar com os sistemas de pagamento existentes no mercado atual. O Passbook já oferece ao mercado muitas opções para pagamentos e até oferece sistemas de utilização de compras de gift cards, ingressos de eventos culturas e esportivos, entre outros.

Mesmo assim, muita gente acredita que a adição do NFC complementaria esses recursos do Passbook, e isso, desde o seu anúncio, na primeira vez que a Apple apresentou o iOS 6, durante a WWDC 2012. Não dá para afirmar que a Apple não está trabalhando na inclusão do NFC no iPhone no futuro, mas que só Phil Schiller (e os Apple Fanboys, é claro) acredita que o NFC é algo “dispensável”. Ao meu ver, a Apple é capaz de colocar tal característica no iPhone a hora que quiser. Só não o faz por “interesses econômicos”, por assim dizer. E nem falo pelo quesito economia. É porque ela quer que o Passbook pegue mesmo.

Via AllThingsD