PGS

O PGS é, para muitos, o console portátil dos sonhos. Um produto suficientemente potente para executar jogos de PCs com Windows 10, com dual boot para utilizar também o Android 6.0 Marshmallow.

O pessoal da PGS Lab garante ter o design perfeito que permite tudo isso, e busca o financiament do projeto no Kickstarter para iniciar a produção do dispositivo portátil, que não abre mão de configurações poderosas.

 

PGS: principais características

PGS 05

O PGS é um dispositivo com uma tela de 5.7 polegadas com resolução QHD (também estará disponível em versão com tela de 5.5 polegadas, com resolução Full HD), processador Intel Atom X7-Z8750 quad-core a 2.56 GHz, GPU Intel HD de 600 MHz e 16 núcleos. Com isso, é possível executar jogos de PC a 720P @ 26~32 frames por segundo com gráficos de qualidade intermediária. Esses números são equivalentes aos alcançados pelo Surface 3, que possui o mesmo chipset que o PGS.

A espessura total do equipamento é de 1.4 centímetros, e seu design slide esconde controles analógicos telescópicos, que se escondem para deixar espaço para o mecanismo de travamento da tela. O produto contará também com uma segunda tela, similar ao do Nintendo DS, de 4.5 polegadas com tecnologia IPS touch, onde é possível utilizar um teclado virtual ou contar com uma janela secundária.

PGS 04

Mas o seu principal atrativo é o seu preço. A campanha de financiamento estabelece para a versão Lite (tela de 5.5 polegadas, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento) um preço sugerido de US$ 230, e apesar de já estar esgotado, ainda há tempo de adquirir uma unidade da segunda leva por US$ 280.

No caso do modelo Hardcore (tela de 5.7 polegadas QHD, 8 GB de RAM e 128 GB de armazenamento), seu preço sugerido é de US$ 280. A dúvida agora é se o projeto vai cumprir os seus prazos de entrega, onde a previsão para a entrega das primeiras unidades está mercada para o mês de março de 2017.

PGS 02 PGS 03

Via PGS LabMSpoweruserPGS (Kickstarter)