O teclado que você vê na imagem acima é uma espécie de Optimus Maximus, mas com a marca Microsoft, porém, está sendo exibido apenas como protótipo e que, pelo menos por enquanto, não será vendido ao público. Recebeu o nome de Adaptive Keyboard, e é um periférico que será usado no concurso anual da UIST (Symposium on User Interface Software and Technology) para estudantes.

A ideia é que os participantes modifiquem o funcionamento do teclado, sem precisar abrir o periférico, e de modo que ele possa voltar ao seu estado original sem maiores problemas. O prêmio para o design mais inovador será de até US$ 2.000. Não sabemos se o concurso é aberto para estudantes de todo o mundo, ou se é exclusivo para estudantes dos Estados Unidos. Abaixo, vídeos sobre o periférico da foto acima.

Fonte