Apple

 

O dia que a Apple anunciou que desenvolveria suas próprias GPUs para os futuros iPad e iPhone, os executivos da Imagination Technologies começaram a chorar em posição fetal, em um canto escuro, com muito medo.

O motivo é bem simples: 70% do faturamento de empresa virava fumaça naquele momento. Para tentar manter as boas relações com a Apple, eles venderam a MIPS e a Ensigma, mas nada disso adiantou.

Hoje, a Imagination Technologies anunciou em comunicado de imprensa que está à venda, em sua totalidade, informando que há o interesse de várias partes para uma possível aquisição de todo o grupo, e que já existem discussões preliminares com possíveis compradores.

Ou seja, perder a Apple como cliente pode ser um pesadelo, especialmente quando isso afeta a metade da receita de sua empresa. O mais interessante de tudo isso é que a empresa que comprar pode ficar com patentes que hoje a gigante de Cupertino usa sem qualquer tipo de pagamento regular, o que pode levar as empresas envolvidas para os tribunais em um futuro a longo prazo.

Há quem diga que a própria Apple tem 8,1% de participação na empresa, e se alguma companhia comprar a Imagination por completo, pode ficar com essas patentes que interessam à fabricante do iPhone. Vai ser interessante ver como essas novas tecnologias vão aparecer, ainda mais que a própria Apple deve levar algum tempo para apresentar ao mundo a sua GPU.

 

 

Foi uma decisão exagerada?

 

Muitos podem pensar que sim, mas na realidade, é uma decisão razoável. O golpe na Imagination Technologies foi bem duro. E só mostra o poderio que a Apple tem hoje no mercado de tecnologia.

Até a própria Apple pode acabar comprando a empresa, o que seria bem favorável para todos. Vale lembrar que, com o anúncio da venda, as ações da Imagination despencaram, o que automaticamente reduz o seu preço final de venda

 

Via NextPowerUP!Imagination Technologies