galaxy-s6-egde-bend

O iFixit desmontou o Samsung Galaxy S6 Edge, e parece que a tela curvada do terminal vai representar grandes dores de cabeça em caso de ruptura.

O site especializado em desmontagem e reparo de dispositivos explica que, na hora de desmontar o dispositivo, será muito difícil evitar que a tela AMOLED se quebre. Outro ponto negativo detectado por eles é que a bateria está colada na parte traseira da tela, e para alcançá-la é necessário retirar vários componentes.

galaxy-s6-egde-bend-ifixit

Pelo menos o interior do dispositivo está dividido em várias seções, e substituir muitos dos elementos será algo fácil, já que poderemos retirá-los sem maiores problemas e de forma independente. E, como não poderia ser de outra forma, a utilização de vidro em ambas as faces aumentará o risco de ruptura por quedas, destacando negativamente o adesivo que sustenta o cristal traseiro, já que resulta incômodo e dificuldade na remoção.

Ou seja, você já está avisado: se você pensa em comprar um Galaxy S6 Edge, procure tomar o máximo de cuidado possível com o cristal frontal, pois o seu conserto COM CERTEZA vai custar um olho da sua cara (ou um rim, ou um fígado, ou algum órgão precioso que você vai precisar vender para pagar o conserto).

Para ver o processo completo de desmontagem do Galaxy S6 Edge produzido pelo iFixit, clique aqui.