Ok, todo mundo que é vivo desde a década de 60 já viu (ou ao menos ouviu falar) da série de TV e da série de filmes Missão: Impossível. Muito bem, lá, você encontrava dispositivos dos mais diversos que, uma vez que os agentes escutavam as mensagens gravadas, as mensagens se auto-destruíam, junto com os dispositivos onde elas eram enviadas.

Partindo desse princípio (mas sem chegar a explodir o produto, é claro), a Fujitsu lança as suas novas memórias USB Tamatebako, que foram desenvolvidas ao longo de 1 ano de pesquisas, para chegar ao resultado de que cada usuário possa colocar um prazo de validade nos dados salvos no dispositivo, que pode variar de 10 minutos para até uma semana completa.

Além disso, ele conta com outras medidas de segurança, como criptografia de senhas, ou funcionamento em apenas algumas máquinas selecionadas. Seu armazenamento é de apenas 2 GB, logo, mais recomendado para dados como textos, planilhas e fotos comprometedoras.

Fonte