xidc tablets q1 2013 1 Pela primeira vez, tablets com sistema Android são líderes de vendas no mercado global

Parece que o dia de dominação do Android no mundo dos tablets finalmente chegou. A IDC revelou os resultados de envios de produtos por sistemas operacionais e fabricantes, e no último trimestre, as vendas de tablets com o sistema do Google alcançaram a marca de 27.8 milhões de unidades, ou 56.5%, assumindo assim pela primeira vez a liderança no volume global de vendas.

Para você ter uma ideia do quão esse crescimento foi expressivo, em 2012, essa fatia de mercado era de apenas 39.4%. O crescimento das vendas entre o primeiro trimestre do ano passado para o mesmo período desse ano foi de impressionantes 247.5%. Com isso, os tablets com iOS (o iPad e suas variantes) ficaram com a segunda posição, com 39,6% (em 2012, essa porcentagem era de 58.1%).

Um detalhe que merece destaque é que essa virada no jogo dos tablets é parte também de um crescimento generalizado de todo o mercado, uma vez que as vendas dos tablets com Windows (terceiro colocado no mercado, com 3.3%) foi de nada menos que 700% em apenas um ano. Bom, também é importante lembrar que em janeiro de 2012 o Windows 8 não existia, e praticamente nenhum fabricante disponibilizava tablets com o sistema operacional da Microsoft.

xidc tablets q1 2013 2 Pela primeira vez, tablets com sistema Android são líderes de vendas no mercado global

A dominância do Android é clara entre os sistemas operacionais, mas entre os fabricantes dos tablets, a Apple com o seu iPad (e suas variantes) segue como líder. Com 19.5 milhões de unidades enviadas, a Apple ainda conta com 39,6% de cota de mercado. A segunda posição fica com a Samsung (de forma nada surpreendente), com 17.9%. Na sequência (pela ordem), encontramos ASUS, Amazon e Microsoft. Destaque para a ASUS, que aumentou o seu volume de vendas em 350%, muito em parte graças ao sucesso do Nexus 7.

Vale a pena ressaltar que essa vantagem da Apple já foi bem maior. No primeiro trimestre de 2012, o iPad contava com uma participação de mercado de 58%, contra 11% acumulados pela Samsung. Uma queda de quase 20% de mercado pode projetar um cenário de equilíbrio ou até mesmo da perda dessa liderança na análise do período em 2014.

Mesmo assim, é cedo para saber. O que podemos dizer como certo é que o mercado de tablets segue em expansão, e que outros fabricantes devem se aproveitar do momento, ou se resignar a ser um mero espectador.

Via IDC