pc-para-entretenimento

 

Pode até ser que o segmento de PCs e notebooks não seja hoje o que era, mas isso não impede que boas notícias apareçam.

O PC segue como absoluto protagonista no mundo dos videogames, e um dado confirma isso de forma contundente.

A venda dos gráficos, que depois dos resultados de NVIDIA, AMD e Intel durant eo terceiro trimestre de 2016 deixa esse cenário bem claro. As vendas das GPUs para consoles entregaram US$ 90 milhões em receitas, mas nos PCs, os números sobem para US$ 200 milhões.

 

 

Desenvolvedores, fiquem atentos!

 

estudo-vida-consoles

 

Um relatório da Jon Peddlie Research mostra como os resultados do terceiro trimestre de 2016 são significativos.

A receita subiu em relação ao trimestre anterior, mesmo caindo de um ano para outro. A AMD aumentou suas vendas em 15% a NVIDIA em 39% e a Intel em 18%.

Aqui, fica claro que os últimos lançamentos da AMD e NVIDIA (e Intel com as novas GPUs integradas no Kaby Lake) aimaram o mercado.

 

fabricantes-vendas-pcs

 

Isso também se observou nas vendas de chips para consoles e PCs games.

A receita nas vendas das GPUs para PCs gaming são mais que o o dobro que para as plataformas Xbox One e PS4.

No estudo, “o segmento dos PCs para games, caso se usam GPUs top de linha, continuam oferecendo crescimento para os fabricantes de PCs. O novo conteúdo em videogames e a promssa da realidade virtual ajudaram a ter uma temanda para desktops e notebooks”.

Fato que, no mundo da computação em geral, fica claro que a venda de PCs segue caindo, mas que a PCMasterRace segue mais viva como nunca, onde as novas placas gráficas dedicadas animaram um segmento que segue querendo rodar jogos com alta qualidade e fluidez gráfica.

 

Via Jon Peddie Research