senhacomprimido_625

O diretor global de desenvolvimento do PayPal, Jonathan LeBlanc, afirmou que os métodos tradicionais de identificação de usuários na web são ultrapassados e antiquados, e sugere a inserção de aparelhos de segurança no organismo para identificação através das características corporais, que são únicas para cada pessoa.

O PayPal aposta que os sistemas de biometria baseados nas impressões digitais e scans da íris oculares ficarão datados, e a empresa trabalha no desenvolvimento de novas tecnologias envolvendo aparelhos embedáveis, injetáveis e ingeríveis.

LeBlanc apresentou uma palestra chamada Kill All Passwords em vários eventos de tecnologia nos Estados Unidos e Europa, e afirma que funções internas do corpo como batidas cardíacas e reconhecimento de veias utilizando aparelhos ingeríveis e embedáveis são o futuro para uma identificação natural do usuário, integrando o corpo humano com a tecnologia externa. Aparelhos internos podem incluir implantes no cérebro, e os ingeríveis podem ser adicionados em remédios para acidez estomacal.

O Halifax Bank já está testando algo nesse tipo. Uma tecnologia de monitoramento cardíaco autentica os seus clientes, dispensando a memorização de senhas, através de uma pulseira ECG. Já o PayPal trabalha com parceiros no desenvolvimento de tecnologias de reconhecimento de veias, além de pulseiras de reconhecimento cardíaco.

Via IDGNow