huawei-qhd

A tendência de elevação das resoluções de tela em dispositivos móveis parece ser algo inevitável, e sem entrar no debate sobre o seu real benefício, muitos entendem que as telas Full HD são mais que suficientes para o tamanho atual das telas, e é difícil obter melhoras nesse aspecto.

Empresas como a Huawei entendem que aumentar a resolução de tela é uma “corrida estúpida”, e no seu último lançamento (Huawei Ascend P7), eles não pensaram isso, e nem planejam tal movimento a médio prazo. Estamos falando das telas QHD em smartphones.

Em uma recente entrevista, o CEO da Huawei, Richard Yu, considera que nosso olhos não são capazes de diferenciar uma tela Full HD (1080p) de uma QHD (2.560 x 1.440 pixels) em um smartphone. Para ele, não faz o menor sentido, sendo algo “estúpido”, e acredita que é inclusive contraproducente para o conjunto do dispositivo: maior consumo de energia e, por tabela, é necessário um maior desempenho técnico do produto.

Colocando em um contexto: a entrevista aconteceu durante a apresentação do Huawei Ascend P7, que curiosamente conta com uma tela com resolução Full HD, o que faz com que – por motivos óbvios – eles valorizassem os atributos do produto. Outra curiosidade: apesar de ser de uma empresa que fabrica boa parte dos seus elementos, a tela do P7 é fabricada pela Japan Display.

Não podemos nos esquecer que as telas QHD estão emergindo por algum motivo. A LG já apresentou a sua, que deve estar presente no futuro LG G3. A Oppo já tem a sua versão presente no modelo Find 7, e alguns smartphones chineses já contam com essa tela, como por exemplo o Vivo Xplay 3S.

E você? O que acha? O QHD é bem vindo nos smartphones? Ou o Full HD está de bom tamanho?

Via TechRadar