Pantech-Vega-Iron-2

Desde que terminou a Mobile World Congress, parece que não temos a ideia de que o próximo salto no hardware para dispositivos móveis por parte da Qualcomm está no Snapdragon 805. Os últimos smartphones importantes vão utilizar a versão 801 do processador, que nada mais é do que uma versão vitaminada do Snapdragon 800.

Sobre o uso do Snapdragon 805, nada foi informado no evento de Barcelona, e o lógico era relacioná-lo com uma grande empresa, como a Samsung ou a Sony, mas até agora, nenhuma das duas estão apostando no novo chip. Mas a pequena e “desconhecida” Pantech está. A empresa coreana pode ser a primeira a utilizar o Snapdragon 805, no novo smartphone Pantech Vega Iron 2.

O novo smartphone contaria com especificações mais ou menos conhecidas no mercado, com exceção do já citado chipset. Encontramos uma tela de 5.5 polegadas (Full HD), 2 GB de RAM, câmera traseira de 13 megapixels, câmera frontal de 3 megapixels, conectividade LTE-A, bateria de 2.800 mAh e opções de 32 ou 64 GB de armazenamento.

O Snapdragon 805, anunciado em novembro de 2013, conta com os novos núcleos Krait 450 a 2.5 GHz, além de uma nova GPU Adreno 420. Aqui, temos uma mudança significativa em relação ao Snapdragon 800, e os primeiros produtos com esse novo processador são esperados para chegar ao mercado na segunda metade de 2014.

O Pantech Vega Iron 2 vai aparecer em quatro versões diferentes (M-A910S, M-A910K, M-A910L, y M-A910D), algo raro em se tratando de uma marca que praticamente opera apenas na Coreia do Sul. É possível que eles tenham a intensão de lançar o modelo internacionalmente, para melhorar uma situação econômica que, nesse momento, não é algo especialmente positiva. Também é possível que cada uma dessas versões esteja destinada para cada operadora importante do país.

Via TechOrz