panasonic-eluga-p.jpg.pagespeed.ce.AztNdJhGdV

Segundo informa o site Nikkei, a Panasonic vai abandonar o mercado de telefonia móvel no seu próprio país, fechando as portas de sua única fabrica de celulares radicada no Japão em 2014. Os motivos? O súbito descenso das vendas entre abril e junho de 2013 estariam por trás dessa decisão.

Além disso, a Panasonic “culpa” a operadora nipônica NTT DoCoMo pelos seus fortes descontos aplicados em smartphones de concorrentes diretdas da empresa, como a Sony e a Samsung. Em contrapartida, a DoCoMo já anunciou que vai deixar de ofertar em seu catálogo de produtos os smartphones da Panasonic a partir desse terceiro trimestre de 2013.

Porém, o fabricante japonês não vai deixar de fabricar smartphones como um todo. Eles seguem investindo no desenvolvimento de modelos para exportação, apostando assim nas vendas internacionais. Com isso, eles seguem fabricando celulares. Mesmo que seja para todo e qualquer país do mundo. Menos para o Japão.

Paradoxal, não?

Via Reuters