Segundo a Bloomberg, Robert Perry, vice-presidente da Panasonic, incluir em seus equipamentos o hardware Intel necessário para executar o Android iria provocar uma alta nos custos de produção acima do tolerável. Ainda segundo o Bloomberg, a Samsung também dá resposta negativa à esta possibilidade, mas com motivos diferentes: a Samsung está totalmente concentrada no desenvolvimento de sua própria plataforma de aplicativos.

Fonte