650_1000_pacmap-1

Não é um ideia nova. Há quase 11 anos tentaram levar o jogo do PacMan para um sistema que aproveitasse as capacidades do GPS dos nossos telefones móveis. E agora essa ideia volta a ser explorada, com um nome e uma equipe de desenvolvedores diferente. O PacMap quer que cada usuário de smartphone se sinta como um autêntico ‘come-come’.

Como todos os jogos de geolocalização, o PacMap se baseia na posição do usuário no mapa, e em função disso vai gerando moedas e fantasmas. Tudo funciona como no jogo clássico: moedas dão pontos, fantasmas terão diferentes padrões de movimentos, tentando tirar nossas vidas e/ou nos prendendo em algum ponto do mapa.

O projeto foi desenvolvido na Grécia, e usa como base o OpenStreetMap. Graças à potência dos smartphones atuais, recalcular as posições de todos os objetos é algo mais simples e rápido do que no passado. Em um jogo como esse, um Samsung Galaxy S4 é capaz de realizar todos os cálculos em apenas 100 milissegundos.

650_1000_pacmap

Utilizar um sistema de mapas aberto não é nenhum capricho, e tal como eles explicam, esse sistema oferece muito mais liberdade que as plataformas comerciais. Por enquanto, não existe um aplicativo disponível, mas é possível conferir o esboço feito para apresentar o projeto, onde é possível entender melhor a sua filosofia e como tudo funciona.

Via Technology Review