virais com truques

Vários vídeos virais de enorme sucesso acabaram em noticiários de grandes veículos tradicionais. Muitos duvidaram da sua veracidade, e agora, a empresa responsável pela produção de alguns desses vídeos de sucesso confirma a teoria de que nem tudo o que vemos na internet é real.

 

Uma demonstração que o falso funciona como real

A Woolshed Company tem um total de mais de 205 milhões de visitas com os seus vídeos, 1,6 milhão de likes e mais de 500 mil comentários. Seu impacto é notável entre os meios de comunicação online e tradicional.

 

Na verdade, ninguém questionou se os vídeos eram reais ou não, pois realmente eles pareciam reais. E questionar a veracidade das coisas é um dos problemas desta era digital que vivemos. Podemos hoje alterar a imagem que quiser, e isso aumenta o debate sobre a realidade das imagens que os veículos nos mostram, e o que há por trás dessa realidade.

 

A Woolshed Companhy informa que consegue produzir os seus vídeos graças a um investimento público de US$ 100 mil da Screen Austrália, que investiga “o que é real e o que é falso, e como o mundo reage à isso”.

 

Para eles, o segredo de fazer vídeos virais é “apresentá-los como entretenimento”, adicionando uma boa imagem de miniatura e um bom título, tudo em busca do clique e da permanência do telespectador nos primeiros 10 segundos. Além disso, é preciso criar um elemento duvidoso, mas apresentá-lo como se fosse algo real, de forma a criar o debate sobre sua autenticidade.

 

 

Via The Guardian